Brasília-DF,
19/JUL/2018

Grupo mineiro de teatro apresenta espetáculo que reúne tragédias

A trupe Espanca! juntou quatro peças para formar 'Real', com enredo sobre a atualidade

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Isabella de Andrade - Especial para o Correio - Publicação:16/03/2018 06:00Atualização:15/03/2018 18:49
Eventos que poderiam sair das páginas de jornal compõem Real (Guto Muniz/CB/D.A Press)
Eventos que poderiam sair das páginas de jornal compõem Real

 
A realidade brasileira ganha destaque no enredo do espetáculo Real, inspirado em acontecimentos recentes do país. O grupo mineiro Espanca! reuniu um linchamento, um atropelamento, uma chacina policial e um movimento grevista em quatro peças que se misturam em universos distintos. A direção é assinada por Gustavo Bones e Marcelo Castro, que transitam entre o processo criativo das quatro montagens, criadas simultaneamente. A ideia é reunir os quatro universos em um espetáculo.

"O projeto parte do que é público ou comum, entendendo a realidade como experiência coletiva e social. A ideia é transformar o real por meio da linguagem do teatro e compartilhar isso com o público. Não estamos representando o real, e sim criando a partir dele uma nova realidade em cena", afirma Marcelo Castro.

No espetáculo, misturam-se as obras O todo e as partes, cuja encenação utiliza princípios de teatro de bonecos; Parada serpentina, com princípios de dança contemporânea e urbana; Maré, com um amplo trabalho sonoro; e Inquérito, que mostra pai e filhas em um jogo de perguntas e respostas enquanto tentam conviver com a morte violenta da mãe, que assombra a todos constantemente. 
 
Serviço
Real
Teatro da Caixa. Sexta (16/3) e sábado (17/3), às 20h, e domingo (18/3), às 19h. Ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada). Não recomendado para menores de 16 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES