Brasília-DF,
22/OUT/2018

Exposição 'Amplitudes' reúne diferentes expressões de emoção e espiritualidade

Temas como o infinito ganham perspectiva emocional na mostra coletiva 'Amplitudes'

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Nahima Maciel Publicação:06/04/2018 06:00Atualização:09/04/2018 12:13
As telas de Sylvia Barreto trazem a percepção interior da artista (Sylvia Serra Barreto/Divulgação)
As telas de Sylvia Barreto trazem a percepção interior da artista
 
Foi com a ideia de falar da vida e dos sentimentos que a artista e curadora Sonia Montagner organizou a exposição Amplitudes, em cartaz na Galeria de Arte do Templo da Boa Vontade. As obras de Rinaldo Morelli, Regina Motta, Marta Jabuonski, Nazaré Martins, Sandra Knackfuss, Sylvia Serra Barreto e da própria Sonia exprimem emoções, sentimentos, espiritualidade e ambiguidade que faz da vida algo tão frágil quanto forte.

“São trabalhos que falam da nossa própria finitude, de um aspecto mais espiritual e emocional do que físico”, explica Sonia.

A curadora cita fotografias de Rinaldo Morelli nas quais a sobrevivência de um pequeno pedaço de grama contrasta com a força de uma mão, e a série de céus de Regina Motta, cujo trabalho combina aquarela e foto.

Nazaré Martins e a série de fotografias de índios também trazem uma forte carga espiritual. Sonia mostra algumas de suas telas realizadas com base na ideia de amplitude que dá nome à mostra. “Sempre trabalhei com essa temática, com essa perspectiva do emocional, da percepção interior”, avisa.

Serviço


Amplitudes
Exposição com obras de Rinaldo Morelli, Regina Motta, Marta Jabuonski, Nazaré Martins, Sandra Knackfuss, Sylvia Serra Barreto e Sonia Montagner. Visitação até 15 de abril, das 8h às 20h, na Galeria de Arte do Templo da Boa Vontade (915 Sul, lotes 75/76). Entrada franca. Classificação indicativa livre.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES