Brasília-DF,
26/MAI/2018

'O sétimo andar': espetáculo aposta em romance inesperado

Adaptação de curta-metragem chega a Brasília com o ator Thiago Cazado

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Isabella de Andrade - Especial para o Correio - Publicação:11/05/2018 06:00
Atração e preconceito entram em cena no espetáculo 'O sétimo andar' (Antonio Pedro Souza/Divulgacao)
Atração e preconceito entram em cena no espetáculo 'O sétimo andar'


Thiago Cazado chega a Brasília com o espetáculo O sétimo andar, adaptação do curta-metragem Tenho local, que conta com a presença do ator no elenco e é sucesso no YouTube. Em cena, dois atores contam a história de Bernardo e Luigi, jovens funcionários de uma multinacional que descobrem uma forte atração entre si ao se encontrarem no elevador. Na capital, o elenco se completa com o brasiliense Pedro Mazzepas.
 
“O público sempre me pediu que eu levasse o curta para os palcos, mas eu achava que, se fizesse isso, teria que trazer algo novo. Então, eu inventei uma nova história, totalmente inédita. São outros personagens, um outro casal, mas que utiliza o mesmo mecanismo do curta: são namorados um pouco inconsequentes realizando um fetiche”, conta Thiago.
 
O ator conta que a narrativa é preenchida por momentos divertidos e que o palco é uma boa oportunidade para debater temas importantes, como a questão do preconceito aos LGBTs no mercado de trabalho.
“Procuro escrever aquilo com o qual eu me identifico para gerar identificação também no público. Por ser gay, essa temática fala sobre mim, me afeta, me faz querer me expressar. Eu acho importante sempre a gente falar sobre o assunto”, afirma o ator.

Serviço:

O sétimo andar
Teatro Goldoni (208/209 Sul). Nesta sexta-feira (11) e sábado (12), às 21h, e domingo (13), às 20h. Ingressos a R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia). Não recomendado para menores de 18 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES