Brasília-DF,
12/NOV/2018

Espetáculo 'Não conta para os meus pais' desvenda o cérebro adolescente

O elenco da peça e formado por adolescentes entre 11 e 17 anos que compartilharam vivências próprias para montar o texto

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Lígia Vieira* Publicação:25/05/2018 06:00Atualização:24/05/2018 19:39

Não conta para os meus pais entra em seu último fim de semana de exibição em Brasília (Lucas Casado/Divulgação)
Não conta para os meus pais entra em seu último fim de semana de exibição em Brasília

 

Este é o último fim de semana em que a peça Não conta para os meus pais, da Trupe Trabalhe Essa Ideia, fica em cartaz no Teatro Goldoni. O espetáculo dirigido por Renata Bittencourt foi inspirado na montagem britânica Brainstorm e tenta revelar o que se passa na mente dos adolescentes.

 

O elenco é formado por 10 atores com idades entre 11 e 17 anos. Além de atuarem, os jovens trouxeram experiências próprias para compor o texto. O grupo se reuniu durante três meses, e a diretora explica: “Eles compartilhavam as vivências e se ajudavam. Até porque, geralmente, todos passam por experiências parecidas”.

 

Renata Bittencourt afirma que “o roteiro é um olhar da neurociência para os adolescentes” e o espetáculo “tem o objetivo de fazer com que os pais busquem mais diálogo e tenham paciência. Além disso, a gente mostra que as reações e sentimentos dos adolescentes são legítimos”.

 

Durante as apresentações da peça, que têm participação do público, Renata Bittencourt relembra: “A platéia chora e ri o tempo todo!”. Ela conta que uma mãe a abordou ao fim do espetáculo e disse que estava se sentindo adolescente novamente, pois todas as dúvidas que os atores mostraram na peça, ela ainda sentia.

 

Serviço 

 

Não conta para os meus pais

Teatro Goldoni (208/209 Sul, lt A, Ed. Casa d’Itália)

Sábado, às 20h, domingo, às 17h e às 19h. Dirigida por Renata Bittencourt, a peça trata sobre a vida dos adolescentes e apresenta curiosidades sobre o cérebro das pessoas nessa fase. Ingressos: R$ 20 (meia-entrada) e R$ 40 (inteira). Podem ser comprados na Happy Code (Águas Claras, Asa Sul, Lago Norte e Sudoeste), na Trupe Trabalhe Essa Ideia (713 Norte) ou na bilheteria. Classificação indicativa livre.

 

* Estagiária sob supervisão de Igor Silveira


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES