Brasília-DF,
22/OUT/2018

14 Bis faz apresentação neste sábado, no repertório terão faixas acústicas e elétricas

Ainda com abertura do grupo Gente de Casa, o 14 Bis promete clássicos no palco

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ronayre Nunes* Publicação:13/07/2018 06:00Atualização:12/07/2018 17:51
Show do 14 Bis terá momentos plugados e acústicos (Lucas Bori/Divulgação)
Show do 14 Bis terá momentos plugados e acústicos


Pedra menina, Ciranda, O vento, A chuva, O teu olhar, A qualquer tempo, Doce loucura, Vale do pavão, Carrossel, Passeio pelo interior, Pequenas coisas, Pele de verão. É quase impossível não conhecer pelo menos um dos grandes hits do grupo 14 Bis. A banda, sucesso nas décadas de 1980 e 1990, sobe ao palco do Teatro Pedro Calmon neste sábado (14), com abertura do grupo Gente de Casa.
 
“A gente fez uma análise mais profunda sobre a apresentação de Brasília, porque não teve chance de levar o trabalho comemorativo de 35 anos de carreira e agora já estamos com 38 anos”, revela o baixista Sérgio Magrão, que completa: “Então decidimos levar o show acústico em uma parte da apresentação, e a outra metade eletrônica, plugada. Isso vai ser muito legal porque vai ser uma chance de o público ver esses dois contextos em uma noite só”.
 
O show será neste sábado (14) (Lucas Bori/Divulgação)
O show será neste sábado (14)
 
 
A noite terá a presença, além de Magrão, dos músicos Flávio Venturini, César de Mercês, Vermelho, Hely Rodrigues, Sérgio Hinds e Fred Barley. “Existem vários fatores (para a longevidade da banda). O principal é nossa amizade — que é muito grande e se mantêm firme, outro é que a gente gosta de viajar, que é uma coisa importante. A gente também não saiu da nossa ideologia. Desde o começo, a gente tem essa preocupação com a sustentabilidade, por exemplo, e até hoje a gente trata sobre o tema. Não tem uma fórmula clara, mas nossa luta é sempre seguir”, acredita Magrão.

Serviço

14 Bis
Teatro Pedro Calmon (SMU, Av. Duque de Caixias, QG do Exército). Sábado (14/7), a partir das 21h. Ingressos a R$ 300 (Setor 1); R$ 240 (Setor 2); R$ 200 (Setor 3) e R$ 160 (Setor 4). 
Assinantes do Correio pagam meia. Classificação indicativa livre

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES