Brasília-DF,
23/SET/2018

Peça 'O menino Teresa' retrata uma jovem que tenta descobrir como seria se fosse homem

Espetáculo discute o gênero, identidade e possibilidade tanto do sexo masculino, quanto do feminino

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Tarcila Rezende - Especial para o Correio Publicação:17/08/2018 06:06
O menino Teresa discute temas como identidade com pegada leve (Georgia Branco/Divulgação)
O menino Teresa discute temas como identidade com pegada leve

A curiosidade infantojuvenil sobre o sexo oposto é uma questão delicada de se abordar em representações artísticas, mas a peça O menino Teresa prova que essas experiências podem ser leves e divertidas. Com texto e direção de Marcelo Romagnoli, o espetáculo conta a história de uma garota que, cheia de convicção e ingenuidade, resolve virar menino por uma tarde.
 
Interpretada pela atriz Cláudia Missura, Teresa busca desvendar os mistérios do mundo masculino e acaba se aproximando das suas lembranças com a figura paterna. Com humor e delicadeza, a montagem ainda conta com a Banda Mirim, que apresenta a trilha sonora da peça ao vivo.
 
O espetáculo de Marcelo Romagnoli apresenta também os mistérios e as curiosidades que envolvem o outro sexo, prevalecendo a diversão do que as certezas dos adultos.
 
O diretor conta que a obra discute gênero, identidade e possibilidades.  “O menino Teresa traz os desafios da infância de investigar o mundo, o outro e a si mesmo. A peça é um convite para falar sobre identidade, padrões ou a falta deles”, pontua Romagnoli.

Serviço
O menino Teresa
Teatro da CAIXA (SBS q.4). Sexta e sábado, às 19h e domingo, às 17h. Entrada franca, com distribuição de ingressos 1 hora antes de cada apresentação. Classificação indicativa livre

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES