Brasília-DF,
19/NOV/2018

'Mostra de dança XYZ' chega à quinta edição valorizando os artistas da capital

Idealizada pelo produtor cultural Marconi Valadares, mostra de dança vem para valorizar e investir na visibilidade da produção de dança em Brasília

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
João Paulo Zanatto* Publicação:28/09/2018 06:03Atualização:27/09/2018 22:35

Uma das atrações da mostra é a artista Fabiana Balduína (Franklin Douglas Marques)
Uma das atrações da mostra é a artista Fabiana Balduína

 

A mostra de dança XYZ, idealizada pelo produtor cultural Marconi Valadares, chega à quinta edição para valorizar e investir na visibilidade da produção de dança em Brasília.

 

Nesta sexta-feira (28/9), às 21h, quem toma conta do Centro de Dança é a Rasha batalha. Na competição, bailarinos ou crews (equipes) dançam e batalham entre si.  Já no sábado (29/9), às 19h, tem a mostra Brasília de novos criadores em que Fabiana Balduína e Eduardx Kon Zion apresentam os resultados dos processos criativos em que estão trabalhando há dois meses. Os trabalhos focam na dança como produtora de diferenças no mundo e nos modos de se compor coreograficamente.

 

Domingo (30/9), às 20h, a goiana Anna Behatriz apresenta Abduções para pequenas revoluções, criado e interpretado por ela. O espetáculo mostra que há um lugar em que o corpo se coloca em uma vertiginosa experiência de movimentos/espasmos, estados limítrofes e ambíguos, a partir do confronto entre cabelo e corpo. Logo depois, o coreógrafo Luiz de Abreu apresenta o premiado O samba do crioulo doido, que discute a discriminação racial no Brasil.

 

"A peça trata de questões e clichês da transformação do corpo negro em objeto e, a partir disso, vou tentando refletir e reconfigurar o olhar do outro sobre os corpos negros", diz o artista. A performance, que antes era feita pelo próprio Luiz de Abreu, será realizada pelo bailarino Pedro Ivo Santos.

 

*Estagiário sob a supervisão de Vinicius Nader

 

Serviço

Mostra de Dança XYZ

Centro de Dança do DF (SAN Q. 1; 3322-5593). Sexta-feira (28/9), às 21h, Rasha batalha. Sábado (29/9), às 19h, Mostra Brasília de novos criadores. Domingo (30/9), a partir das 20h, Abduções para pequenas revoluções e O samba do crioulo doido. Entrada franca. Não recomendado para menores de 16 anos.


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES