Brasília-DF,
19/NOV/2018

Nova exposição de Paulo Andrade aposta em epresentações da memória

Paulo Andrade reflete sobre os valores nacionais em 'O eterno retorno - Desenhos, gravuras e impressões'

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Nahima Maciel Publicação:28/09/2018 06:00Atualização:27/09/2018 22:45
Em 'O eterno retorno', índios gigantes transitam pela cidade (Paulo Andrade/Divulgacao)
Em 'O eterno retorno', índios gigantes transitam pela cidade


A mostra O eterno retorno – Desenhos, gravuras e impressões reúne 18 gravuras e nove colagens do artista Paulo Andrade no Espaço Cultural Renato Russo. Parte do material foi produzido nos anos 1980, mas há uma leva nova de imagens nascidas da manipulação digital associada à colagem, desenho e aquarela, criadas entre 2014 e 2016.
 
Brasília é o cenário no qual Andrade ergue suas invenções. Em algumas imagens, índios gigantes transitam pela cidade fazendo os monumentos parecerem miniaturas. É a forma de o artista colocar em metáforas uma crítica social e cultural quanto aos valores brasileiros. A visão inquieta de Andrade questiona o lugar das artes na sociedade e propõe agigantar ideias para delas extrair críticas.

Serviço

O eterno retorno – Desenhos, gravuras e impressões
Exposição de Paulo Andrade. Espaço Cultural Renato Russo (508 Sul). Visitação até 11 de novembro, de terça a sexta, das 10h às 20h, e sábados e domingos, das 12h às 19h.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES