Brasília-DF,
14/NOV/2018

Espetáculo Abrazo, em cartaz no Teatro da Caixa, explora afetos negados

Peça traz reflexões sobre regimes opressivos que privam a liberdade

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
João Paulo Zanatto* Publicação:12/10/2018 06:02

Abrazo se passa numa sociedade onde o afeto é proibido (Pablo Pinheiro/Divulgação)
Abrazo se passa numa sociedade onde o afeto é proibido

 

O grupo de teatro Clowns de Shakespeare volta a Brasília para apresentar a segunda parte de uma trilogia a respeito das relações políticas e sociais da América Latina. Abrazo fica em cartaz durante este fim de semana na Caixa Cultural.

 

Inspirado em O livro dos abraços, de Eduardo Galeano, o espetáculo mostra o olhar de um menino que vive em um país onde um regime opressivo impede todos de se abraçar ou demonstrar qualquer tipo de afeto.

 

Sem falas, a apresentação conta com uma trilha sonora original que dita o ritmo das personagens, um rapaz, uma florista, um soldado, um índio, uma avó, um general e um menino que, por ter o olhar ainda virgem no entendimento da realidade, consegue mudar o fluxo da história.

 

“Não é um espetáculo somente para crianças, e, sim, para a família. Aborda um tema delicado de forma sutil e lúdica, mas com a intenção de criar uma reflexão acerca do assunto”, diz o ator Dudu Galvão. Após as apresentações, o elenco vai conversar com o público sobre as questões abordadas na obra.

 

*Estagiário sob a supervisão de Vinicius Nader

 

Serviço

Abrazo 

Teatro da Caixa (SBS, Quadra 4, lotes 3/4, Edifício anexo à Matriz da Caixa; 3206-6456). Sexta, sábadp e domingo, às 17h. Ingressos a R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia-entrada). Assinantes do Correio pagam meia. Classificação indicativa livre.


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES