Brasília-DF,
18/AGO/2019

DJ número 1 do mundo, o holandês Martin Garrix passa por Brasília em turnê

Martin Garrix estará sempre acompanhado do DJ brasileiro Vintage Culture

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Publicação:16/11/2018 06:00Atualização:16/11/2018 08:48
 Em sua passagem pelo Brasil, o holandês reservou quatro datas com passagem por São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Camboriú (SC) (John Thys/AFP )
Em sua passagem pelo Brasil, o holandês reservou quatro datas com passagem por São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Camboriú (SC)


Depois de passagens pelo Brasil para participar de diferentes eventos, o holandês Martin Garrix retorna ao país com uma turnê própria. A série de shows teve início na última quarta-feira e nesta sexta-feira (16) desembarca em Brasília para apresentação no gramado do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, no Eixo Monumental.

“Estou superfeliz e empolgado de vir com a minha própria turnê. Eu queria fazer esses shows há muito tempo”, afirma Martin Garrix em entrevista exclusiva ao Correio. Em sua passagem pelo Brasil, o holandês reservou quatro datas com passagem por São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Camboriú (SC).

“Vai ser um espetáculo musicalmente e visualmente falando. Estou muito animado para levar esse show para Brasília”, conta o DJ, que adiantou que mostrará algumas canções novas e inéditas na apresentação. A música mais recente, Dreamer, gravada com Mike Yung, também estará no set da apresentação. A canção foi lançada em 1º de novembro no YouTube e já tem mais de cinco milhões de acessos no site.

Durante a turnê brasileira, Martin Garrix estará sempre acompanhado do DJ brasileiro Vintage Culture. “Ele é um ótimo cara, eu adoro a energia dele, é um ótimo DJ e amo a música dele. Estou muito animado em fazermos shows juntos”, revela Garrix.

Tanto o holandês quanto o brasileiro iniciam a turnê em ótima fase. Ambos foram citados na lista dos 100 melhores DJs segundo a DJ Mag, revista especializada no assunto. Martin Garrix apareceu, pela primeira vez, no topo do ranking. Já o brasileiro apareceu na 19ª posição. “Fiquei um pouco surpreso, mas acho que posso definir (tudo isso) como uma montanha-russa. Comecei muito novo. Acho que pra mim nunca foi um trabalho. Eu amo o que faço, então isso me faz trabalhar intensamente”, completa.

Duas Perguntas: Martin Garrix

Você pensa em gravar com algum artista brasileiro?
Eu amo música brasileira. Tenho um amigo, que não é brasileiro, mas que trabalha com vários artistas do Brasil, e ele me mostra algumas músicas que são maravilhosas. Quem sabe no futuro?

O que você pode contar sobre seus projetos futuros?
Tem um projeto muito especial vindo e também tem outros projetos. Tenho várias músicas prontas. Passo muito tempo criando, estou muito empolgado com tudo que está vindo e vou tocar algumas músicas nesse show no Brasil.

Serviço

Martin Garrix Tour
Gramado do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha (Eixo Monumental). Sexta-feira (15/11) a partir das 23h. Com shows de Martin Garrix, Vintage Culture, Glen, Bruno Be e Dubdogz. Entrada a R$ 151 (meia e primeiro lote). Não recomendado para menores de 8 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES