Brasília-DF,
23/JUL/2019

Performance de 'I will survive' apresenta o bom e o ruim das emoções humanas

Espetáculo está sob os cuidados de Antônia Vilarinho

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Borges* Publicação:14/12/2018 06:00Atualização:13/12/2018 18:49
Há 20 anos, a atriz Antônia Vilarinho interpreta a palhaça Fronha nos palcos (Renata Pires/Divulgação)
Há 20 anos, a atriz Antônia Vilarinho interpreta a palhaça Fronha nos palcos


Quando Antônia Vilarinho ingressou no universo da palhaçaria, há 20 anos, as coisas eram bem diferentes.  “O meio era voltado para os homens. Depois, as mulheres ganharam espaço e o cenário foi mudando. Surgiram encontros de palhaças, as mulheres foram buscar mais formação, nós passamos a ter e a ser referências”, lembra.

A trajetória de Antônia e da personagem Fronha é comemorada no espetáculo I will survive. O trabalho é dirigido por Karla Concá e narra “a história de uma mulher que faz de tudo. Foi idealizada a partir de uma história real minha.”

Em cena, a palhaça Fronha, uma mulher de 50 anos de idade, organiza um grande evento de aniversário. Porém, alguns contratempos aparecem para atrapalhar os preparativos. Os fatos geram reflexões sobre padrões de beleza, solidão, desejos, tristezas e alegrias.

Antônia explica que a peça aborda o cotidiano de mulheres maduras, que precisam lidar com assuntos como menopausa e abandono. “É um espetáculo que traz muita cumplicidade com o público, que tem um final surpreendente e é bem diferente”, ressalta a atriz.

*Estagiária sob supervisão de Vinicius Nader

Serviço

I will survive
Sesc Garagem (713/913 Sul). Nesta sexta-feira (14), sábado (15) e domingo (16), às 20h. Ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Não recomendado para menores de 18 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES