Brasília-DF,
20/ABR/2019

Pedro Luís resgata repertório autoral em show na Cervejaria Criolina

O show tem a ver com o álbum 'Aposto' e valoriza músicas do próprio compositor que ficaram mais conhecidas com outros intérpretes

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Diego Marques* Publicação:12/04/2019 06:06Atualização:11/04/2019 18:31
Em Pedro Luís com S, o cantor resgata canções próprias que fizeram sucesso na voz de outras pessoas (Nana Moraes/Divulgação)
Em Pedro Luís com S, o cantor resgata canções próprias que fizeram sucesso na voz de outras pessoas
 
"A verdade prova que o tempo é o senhor". A frase, da música Girassol, ficou eternizada no timbre do vocalista do Cidade Negra, Toni Garrido. No entanto, a composição é do artista Pedro Luís. Ela está no rol de diversas letras de Pedro Luís popularizadas em outras vozes. Em busca de um resgate autoral, ele criou o show Pedro Luís com S, em que faz releituras de canções próprias, que muita gente não sabia que eram dele. A apresentação chega a Brasília sábado (13/4), às 20h, na Cervejaria Criolina.

"O show tem a ver com o álbum Aposto. Poder tocar em Brasília em uma casa que dá muita visibilidade à música autoral tem tudo a ver com esse momento", afirma Pedro Luís ao Correio. O repertório deve contar com faixas como Rosa que me encanta, De nós e Janeiros.

A ideia de cantar essas músicas surgiu quando Pedro tocava outro projeto, o Vale quanto pesa. "O Vale quanto pesa é uma homenagem ao Luiz Melodia, um ídolo para mim. Sou mais familiarizado às músicas dele do que às minhas, pois as ouço desde muito novo. Um dia, um colega me disse que eu parecia muito íntimo ao som do Melô e pensei que seria legal interpretar de um jeito próprio as minhas composições. Estou em busca de ser um intérprete melhor e chego a Brasília com um show que me satisfaz muito como intérprete", conta.

Pedro Luís bebe em diversas influências musicais. Multifacetado, deu os primeiros passos na cena artística ao integrar o grupo Asdrúbal trouxe o trombone. Foi punk na banda Urge, criou mais sonoridade ao lado de A Parede, é um dos fundadores do Monobloco e compositor de trilhas sonoras, além de diretor musical em peças teatrais.

"Não tenho preocupação em me definir. Sou movido por inspiração, não me incomodo em passar por tantos estilos. Essa minha variedade incompreensível pelos 'classificadores' me dá muita satisfação. Preciso estar sempre fazendo coisas diferentes”, explica.
 
*Estagiário sob a supervisão de Vinícius Nader

Serviço
Pedro Luís com S

Cervejaria Criolina (SOF, Q. 1, Bl. B, lt. 6; Guará). Sábado, às 20h. Ingressos: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia-entrada). Não recomendado para menores de 18 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES