Brasília-DF,
18/JUL/2019

Reflexões sobre empatia nos palcos de Brasília

Espetáculo 'A certeza da dúvida' traz questionamentos sobre o quanto nos importamos com o outro e sua vida

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Nicole Mattiello* Publicação:28/06/2019 06:00Atualização:27/06/2019 20:25
Dez pessoas decidem a culpa de um réu (Studio Sartoryi/Divulgação)
Dez pessoas decidem a culpa de um réu

 
Um assassinato. Um juiz. Uma sala de jurados. Dez pessoas decidem a culpabilidade de um réu. Esse é o cenário da peça A certeza da dúvida, uma adaptação da obra da década de 30 de Reginald Rose, dirigida por Fernando Guimarães. O espetáculo relata certezas pré-estabelecidas de membros de um júri sobre a culpa de um jovem de 18 anos, levado a julgamento acusado de ter assassinado sua mãe.

Diretor de teatro há 25 anos e professor na Faculdade de Artes Dulcina de Moraes, Fernando Guimarães conta que a escolha da peça foi pensada no momento político atual. 'Todo teatro é um ato político. A cada semestre eu penso: o que eu quero falar nesse momento? E pensei nessa peça, porque esse julgamento perpassa uma questão de armamento e a questão de violência, como temos atualmente', disse.

A história vai além de um julgamento. De acordo com o ator Filipe Moreira, o espetáculo é mais profundo do que isso. 'A peça começa a percorrer caminhos mais profundos da relação humana, perguntando onde a gente se coloca para julgar o outro. A gente pensou em retratar o ser humano em si. Acaba que casa com o momento político atual, porque está tudo muito dividido', afirma.

A peça faz parte da 29ª Mostra Dulcina, atividade gratuita promovida pela Faculdade de Artes Dulcina de Moraes, que não conta com nenhum incentivo do GDF. O grupo está tentando negociar uma turnê do espetáculo com o Sesc do interior de São Paulo.

*Estagiária sob a supervisão de Igor Silveira

Serviço
A certeza da dúvida
Teatro Dulcina (SDS; 3322-4147) De 28/6 a 6/7, às 20h. Entrada franca (distribuição de ingressos uma hora antes do espetáculo). Não recomendado para menores de 16 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES