Brasília-DF,
23/AGO/2019

História do interior: Pinturas de Selma Parreira chega a Brasília

Selma Parreira expõe 14 pinturas usando como referência a trajetória da própria família

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Nahima Maciel Publicação:28/06/2019 06:01Atualização:27/06/2019 20:24
A exposição fica em cartaz na cidade até 30 de julho (Paulo Rezende/Divulgação)
A exposição fica em cartaz na cidade até 30 de julho

Memória e história são os materiais da pesquisa da artista Selma Parreira para produzir as 14 pinturas da exposição em cartaz a partir de amanhã no Pé Palito Antiquário e Arte. A artista goiana foi buscar na trajetória da própria família o universo e o ambiente das obras. Comerciante cerealista desde o final da década de 1950, a família de Selma viu o negócio mudar ao longo das décadas, quando as mudanças nas políticas agrícolas minaram a distribuição de grãos por parte de pequenos e médios empresários no interior de Goiás. Aos poucos, os grandes galpões e o maquinário utilizados nessa indústria foram desativados.

Selma transformou um dos galpões da família em ateliê e passou a fazer um trabalho de memória para manter um registro familiar do negócio. Quando viu a extensão da pesquisa, decidiu convidar o fotógrafo Antônio Bandeira para participar do projeto e criou o Coletivo Machina. No ateliê, ela também passou a pintar e são essas pinturas que apresenta na exposição. É apenas um recorte da pesquisa, cujo resultado motivou uma exposição no Museu de Arte Contemporânea de Goiás no final de 2018.

As pinturas, a artista avisa, não são reproduções exatas do que há nos galpões. “Mas os objetos que existem lá dentro, a arquitetura e a história da cerealista é o que aciona o repertório das pinturas. E entre as pinturas existe um ou outro objeto que está lá, mas elas não representam, elas são acionadas por todo aquele ambiente”, explica. “Uma das coisas que elas trazem muito são as características de arquitetura que não são de nosso tempo, a luz no galpão, porque ela desenha. É mais uma parte poética do que tem lá.”

Serviço

Exposição de pinturas e lançamento do livro de Selma Parreira
Abertura neste sábado (29/6), das 17 às 22h. Visitação até 30 de julho, de segunda a sábado, das 11h às 21h30, e domingo, das 14h às 19h30, na Pé Palito antiquário e Arte (Shopping Iguatemi Brasília, SHIN CA 04 loja 143)

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES