Brasília-DF,
15/OUT/2019

Musical 'Vivendo de brisa' está em cartaz neste fim de semana

Montagem apresenta 13 canções que permeiam a boemia e a vontade de ascender socialmente

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Irlam Rocha Lima Publicação:28/06/2019 06:04Atualização:27/06/2019 20:23
O espetáculo fica em cartaz até domingo no CCBB (Tato Comunicação/Divulgação)
O espetáculo fica em cartaz até domingo no CCBB

A vida de dois grandes compositores brasileiros, representantes da tradição do samba, o carioca Wilson Baptista e o mineiro Geraldo Pereira, foi tomada como fonte de inspiração para Vivendo de brisa, uma comédia musical. Escrito por Fernando Marques, o espetáculo fica em cartaz sábado e domingo, no teatro do Centro Cultural Banco do Brasil.

O roteiro da peça, a partir de 13 canções, conta a trajetória de um compositor de origem humilde que busca se lançar como artista profissional e obter ascensão social no Rio de Janeiro, entre o final da década de 1930 e meados dos anos 1940. Esse era o período em que o rádio se consolidava como o principal veículo de difusão da música popular no país.

Personagem central de Vivendo de brisa, o boêmio Geraldo de Matos (vivido por Roger Vieira) se vê dividido entre duas paixões: a cândida Jandira (Vanessa de Farias) e a independente Sueli (Makena). Os outros personagens são representados por Edu Moraes (Moreira), Adeilton Lima (apresentador Robertinho), Élia Cavalcante (mulher), André Reis (Jeremias), Rafael Soul (Badu), Matheus Trindade (Geraldo Matos menino) e Lino Ribeiro (pai de Jandira).

Textos e canções — entre elas Dândis, Fiteira e Samba da invasão — têm a assinatura de Fernando Marquesa. A direção geral e desenho de luz são de André Amaro e a direção musical, de José Cabrera. Maria Carmem de Souza criou a cenografia e o figurino; enquanto Janette Dornellas ficou responsável pela preparação e voz.

No entendimento de Marques, professor de Departamento de Artes da UnB, escritor e compositor, Vivendo de brisa colabora na construção do musical brasileiro, com repertório e artistas brasilienses. “As convenções do musical têm sido reinventadas a cada geração, ou a cada fase em que o gênero reconquista o interesse do público. Praticar o espetáculo do teatro musical, ligando ao que fizeram outros teatrólogos, foi o que me moveu na criação da peça”, afirma o autor dessa comédia.

Serviço
Vivendo de brisa - Uma comédia musical
Sábado (29/6), às 20h, e domingo, às 19h, no teatro do Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Sul). Ingresso: R$ 20 e R$ 10 (meia entrada). Pontos de venda: Bilheteria do CCBB ou pelo site Eventim. Não recomendado para menores de 16 anos. Informações: 3108-7600.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES