Brasília-DF,
17/SET/2019

Releitura de Os Saltimbancos estreia nesta sexta em Brasília

O musical fica em cartaz até 4 de agosto no Centro Cultural Banco do Brasil

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Roberta Pinheiro - dired Publicação:12/07/2019 06:02Atualização:11/07/2019 17:43

Depois de 40 anos, o diretor uruguaio apresenta ao público uma adaptação do texto de Chico Buarque (Diego Bresani/Divulgação)
Depois de 40 anos, o diretor uruguaio apresenta ao público uma adaptação do texto de Chico Buarque

 

Nos anos 1970, uma montagem de Os saltimbancos, do grupo de teatro Pitú, marcou a carreira do diretor uruguaio Hugo Rodas e da velha guarda das artes cênicas brasilienses, tendo entrado para a história cultural da cidade. Um sinônimo para a expressão “sucesso de público”. Mais de 40 anos depois, o diretor leva ao público uma releitura da peça no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). Desta vez, ele comanda a orquestra de atores da Agrupação Teatral Amacaca (ATA).

 

O musical, adaptado do texto de Chico Buarque, narra as aventuras de quatro animais que, sentindo-se explorados por seus donos, fogem para a cidade e tentam a sorte como músicos. “A essência do espetáculo é a revolução dos bichos. Ele fala de união e da luta dos animais contra as pessoas que os tratam mal e que não os permitem avançar, e eles se juntam para conseguir isso”, comenta o diretor.

 

Assim como na primeira versão, Hugo Rodas traz um time de futebol de atores, que constrói as características dos animais com expressões corporais e vocais. Mestre do teatro corporal, o diretor mantém sua assinatura e foca na criatividade dos corpos em cena, que cantam, tocam, dançam e interpretam. No cenário, elementos simples e coloridos resgatam a essência lúdica da peça.

 

A montagem, de teor atemporal e livre para todos os públicos, faz parte da celebração dos 80 anos de Hugo Rodas e também dos 10 anos do grupo dirigido por ele.

 

Serviço

Os saltimbancos

Centro Cultural Banco do Brasil (SCES, Tc. 2, lt. 22). De sexta (12/7) a domingo às 16h, com temporada até 4 de agosto e com sessões também às quintas. Com direção de Hugo Rodas e elenco formado por integrantes da companhia ATA. Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada e clientes do Banco do Brasil), à venda na bilheteria do CCBB e no site Eventim. Classificação indicativa livre. Informações: 3108-7600.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES