Brasília-DF,
25/AGO/2019

Encontro de Violeiros e Violeiras celebra a diversidade em Planaltina

Evendo comemora também os 160 anos da cidade. No mesmo fim de semana, a Embaixada da Alemanha também está oferecendo atividades abertas ao público

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Nicole Mattiello* Publicação:19/07/2019 06:06Atualização:18/07/2019 17:34
O evento de violeiros é marcado pela diversidade  (Rafael Fernandes/Divulgação)
O evento de violeiros é marcado pela diversidade

Em 1929, foi gravada a primeira moda de viola no Brasil: Jorginho do Sertão. A música caipira é uma adaptação do folclore paulista feita por Cornélio Pires. Agora, 90 anos depois, a data é celebrada pelo Clube do Violeiro Caipira. Neste fim de semana, a comemoração acontece no Encontro de Violeiros e Violeiras do DF, um dos maiores eventos de música e da viola caipira do país.

O encontro ocorre no DF desde os anos 1990, mesma época da criação do clube, que surgiu para dar suporte ao grande número de violeiros da região já existentes na época. O violeiro Volmi Batista é produtor do evento, e fala da temática. "Cada edição do encontro, a gente procura relacionar a um fato histórico, a alguma coisa que possa ser relevante. Esse ano, sem dúvida, a relevância é o aniversário de 90 anos da música caipira, que é um fato marcante da história da cultura popular brasileira", diz.

Segundo o produtor, a cada edição o evento melhora. Nos últimos anos, por exemplo, o encontro de gerações e o aumento da inclusão foi algo que chamou a atenção. "Promover esse encontro de gerações sempre foi um fator importante nos encontros que a gente faz. É importante para incentivar que os jovens também participem e deem continuidade a essa tradição de tocar, cantar, compor música caipira. Muito mais do que mistura de gerações: tem mistura de gêneros e pensamentos", afirma Volmi. 

O Encontro de Violeiros e Violeiras do DF tem, como destaque, a realização do seminário Música Caipira 90 Anos — Rumo aos 100, que visa contribuir para uma melhor reflexão sobre o futuro, a preservação e a valorização dessa expressão cultural brasileira. O evento recebe incentivos do governo, e Volmi reclama da falta de interesse das instituições privadas na valorização da cultura tradicional brasileira. "A iniciativa privada não se sensibiliza com a cultura popular tradicional do país", desabafa. 

Serviço
Encontro de Violeiros e Violeiras do DF
Sexta a domingo (19 a 21/7), sexta a partir das 20, sábado e domingo a partir das 9h. Complexo Cultural de Planaltina  (Setor Administrativo, Via WL 02, Lote 02 Brasília/DF (61) 3301-5888 e 3301-1267) Entrada franca. Classificação indicativa livre. 

Outro agito
A Embaixada da Alemanha realiza o Dia das Portas Abertas. Nesta edição, o evento contará com exposição de carros clássicos, aulas experimentais de alemão, informações sobre oportunidades de estudos na Alemanha, exposições e visitas guiadas pela Embaixada da Alemanha e pela residência oficial. Além disso, o evento terá food trucks e muita música alemã. 

Dia das Portas Abertas
Embaixada da Alemanha (SES, Avenida das Nações, Qd. 807, lt. 25) Sábado (27/), das 12h às 18h. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES