Brasília-DF,
23/AGO/2019

De Diego Bresani, 'Encerramento do amor' ocupa Espaço Cultural Renato Russo

A peça, que acontece neste fim de semana, traz questionamentos sobre os relacionamentos amorosos

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Melissa Duarte* Publicação:02/08/2019 06:00Atualização:01/08/2019 19:02
Em Encerramento de amor, dois personagens analisam o fracasso e o amor no fim da relação (Henri dos Anjos/Divulgação)
Em Encerramento de amor, dois personagens analisam o fracasso e o amor no fim da relação


"Quem amamos quando amamos?" Essa é a pergunta do dramaturgo Pascal Rambert que os personagens da peça Encerramento do amor tentam, mas não conseguem responder. A partir desta sexta-feira (2/8), os erros e os acertos de um casal se encontram no palco do Espaço Cultural Renato Russo para encenar o derradeiro fim de uma relação. Para o diretor Diego Bresani, o espetáculo é um debate universal sobre relacionamentos. "É um tema que toca todo mundo", acredita.

Os personagens não conversam entre si: são dois monólogos. Os 100 minutos de espetáculo representam a quebra de estereótipos de gênero: o personagem de João Campos começa verborrágico. Ele é machista, explosivo e emocional — diferente da personagem de Ada Luana, racional, fria e elegante. "Cada um vomita o que está sentindo, pensando no momento", confessa o diretor, em entrevista ao Correio.

Não há cenário ou jogos de luz; o figurino é simples. "O que a gente quer é trazer a atenção completa do público para os dois atores em cena", diz Bresani, que caracteriza a montagem como "seca, dura e minimalista, na contramão do que é visto (nos palcos)". Os desafios são manter a atenção do público para refletir sobre relacionamentos. "O espetáculo pega num lugar muito especial de quem está passando por uma situação bem parecida", conta. 

Tradução oficial da obra Clôture de l’amour (2011), do francês Rambert, a adaptação brasiliense estreou ano passado e passou por Recife. Antes da estreia, a protagonista Ada Luana descobriu a gestação. Por isso, a atriz viu não só a filha participar do espetáculo, mas também a mudança nas reações do público ao longo da gravidez. "O texto é o mesmo. A gente é que vai mudando e se afetando de diferentes formas", finaliza Bresani, marido de Ada.

*Estagiária sob supervisão de Igor Silveira

Serviço

Encerramento do amor

No Espaço Cultural Renato Russo (508 Sul, Bl. A, lj. 72). Sexta (2/8) e sábado (3/8). às 20h, e domingo, às 19h. Ingressos: R$ 15 (meia-entrada) e R$ 30 (inteira), à venda na bilheteria uma hora antes da peça e no site e no aplicativo Ingresso Rápido. Não recomendado para menores de 14 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES