Brasília-DF,
19/OUT/2019

Companhia teatral chega ao CCBB com espetáculo de mundo fantástico

Peça 'Fantástico cotidiano' traz loucos, certinhos e acomodados

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Devana Babu* - -- Publicação:13/09/2019 06:00Atualização:12/09/2019 17:56
As palhaças Zuliana e Malagueta trazem para o palco os seres fantásticos dos microcontos de Júlio Cortazar (Victor Souza/Divulgação)
As palhaças Zuliana e Malagueta trazem para o palco os seres fantásticos dos microcontos de Júlio Cortazar
Os Cronopios, as Famas e as Esperancas, seres fantásticos que habitam o universo literário do escritor argentino Júlio Cortázar, chegam, neste sábado (14), ao CCBB, trazidos ao palco pelas palhaças Zuliana e Malagueta. "Esses seres inventados por ele são uma sátira ao ser humano. Essa classificação com que a gente acaba se rotulando: 'esquecida', 'distraída', 'poética', 'emotiva', 'metódica', 'disciplinada'", enumera a atriz Juliana Mado, fundadora da companhia Ju Cata-histórias.

A companhia teatral surgiu em São Paulo, em 2008. Em 2011, foi convidada a participar de um evento que, a cada ano, homenageava um escritor, com trabalhos de diversas linguagens artísticas. Naquele ano, o homenageado era o argentino Júlio Cortázar. A companhia de Juliana foi a escolhida para traduzir o universo do autor para o Teatro. Pesquisando a obra literato, se apaixonaram de cara pelos microcontos de Histórias de Cronópios e de Famas, que adaptaram para os palcos. 

"O texto não é literal, a gente se inspirou mesmo e foi criando. É uma visão mais nossa", explica a atriz. A apresentação é dividida em quadros, cada um deles inspirado em um conto, com muita interatividade para crianças e também para adultos. Ao lado da colega Fernanda Pimenta, no papel de Palhaça Malagueta, Juliana abre neste sábado (14) a temporada do espetáculo em Brasília, que fica em cartaz até o dia 29, aos sábados e domingos.

*Estagiário sob supervisão de Igor Silveira

Serviço
Fantástico cotidiano
CCBB (SCES, Tc. 2, lt. 22; 3108-7600). Sábado e domingo (14 e 15/9), às 16h. Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada). Entrada franca. Classificação indicativa livre.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES