Brasília-DF,
12/NOV/2019

Festival Yalodê reúne cantoras negras do Brasil e DF no Museu da República

Realizado em 2 e 3 de novembro na área externa do museu, festival dá início às celebrações do Mês da Consciência Negra

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Irlam Rocha Lima Publicação:01/11/2019 06:06Atualização:31/10/2019 17:49
A jazzista carioca Áurea Martins se apresenta com a sambista brasiliense Cris Pereira (Francisco Rocha/Divulgação)
A jazzista carioca Áurea Martins se apresenta com a sambista brasiliense Cris Pereira
 
O Mês da Consciência Negra começa a ser celebrado neste fim de semana em Brasília, com a realização do Yalodê — Festival de Cantoras Negras, que reúne artistas de diferentes vertentes musicais, em shows amanhã e domingo, na área externa do Museu da República (Esplanada dos Ministérios).

Na abertura da programação, amanhã, às 20h30, a sambista brasiliense Cris Pereira tem como convidada a jazzista carioca Áurea Martins. Em seguida, Fanta Konate, cantora, compositora e bailarina de Guiné Conacri, mostra aspectos da cultura tradicional do povo mandên. Outra atração é a cantora baiana Larissa Luz que traz para o brasiliense o espetáculo Trovão, nome também do terceiro CD solo dela.

Domingo, às 19h30, sobe ao palco a rapper Realleza, do Sol Nascente. Depois, surgem em cena outra brasiliense, a cantora e compositora Letícia Fialho, com o show Maravilha marginal. Acompanhada pela Orquestra da Rua e pelo sanfoneiro Rodrigo Zolete, ela recebe a cantora francesa Anaïs Sylla, autora de trabalho eletro-eletrônico. No encerramento do Yalodê, Mariene de Castro, ligada ao samba de roda da Bahia, apresenta o espetáculo O santo de casa.

Serviço
Espaço Arena Lounge do Está Yalodê — Festival de Cantoras Negras
Sábado (2/11), a partir das 20h30, shows de Cris Pereira e Áurea Martins, Fanta Konate e Larissa Luz. Antes se apresentam os DJs Savana e Pati Egito. Domingo, a partir das 19h30, shows de Realleza, Letícia Fialho e Anïs Sylla, Mariene de Castro. Antes se apresentam DJ Savana e, no encerramento,o DJ Pati Egito. Na área externa do Museu da República, na Esplanada dos Ministérios. Entrada franca.


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES