Brasília-DF,
20/NOV/2019

Baiano Leno Sacramento apresenta 'Nas encruza' no Espaço Renato Russo

Genocídio negro, 'solidão da bicha preta' e intolerância às religiões de matriz africana marcam a reação do ator baiano, habituado à comédia, ao racismo estabelecido, em espetáculo gestual

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Roberta Pinheiro Publicação:08/11/2019 06:06Atualização:07/11/2019 19:41
O ator baiano Leno Sacramento fala sobre a
O ator baiano Leno Sacramento fala sobre a "solidão da bicha preta" e intolerância religiosa no espetáculo 'Nas encruza'
 
A poesia, gravada em off, por negros e negras de Salvador e relatos verídicos de uma população que luta para ganhar espaço é a trilha sonora que conduz o ator baiano Leno Sacramento em Nas encruza. Ao fundo daquelas vozes, o barulho do cotidiano. Tido como um divisor de águas na vida de Sacramento, o espetáculo é intenso, porém poético. Um monólogo que toca em questões humanas e sociais, porém, que não usa a palavra. Apenas, corpo e gestual para transmitir emoções.

Em cartaz no Espaço Cultural Renato Russo, Nas encruza dá continuidade ao trabalho, estreado em 2017, denominado En(cruz)ilhada e mostra o genocídio da pele negra. "Faço um recorte e falo da solidão da bicha preta e da intolerância racial que atinge as religiões de matrizes africanas", detalha o ator. Em cena, é o corpo expressivo de Sacramento que coloca em debate, cercado pela plateia, questões ligadas ao racismo, à homofobia e à intolerância.

Acostumado a trabalhar com a comédia, o artista sentiu a obrigação de reagir aos fatos. "É preciso diminuir as balas em nossa direção e parar de ver corpos negros no chão", afirma. No palco, cadeiras vazias aguardam o público para compor o tribunal das ruas. Organizados em círculos, os móveis voltam a atenção para um banco no centro da roda. Ali, um corpo negro será julgado como réu. "O olhar e a língua matam mais que a bala", resume Sacramento. 

Serviço
Nas encruza
No Espaço Cultural Renato Russo (508 Sul).Sexta e sábado (8 e 9/11), às 20h. Ingressos: R$ 30 (inteira). Na bilheteria do local, uma hora antes do espetáculo ou no site https://site.bileto.sympla.com.br/espacoculturalrenatorusso/. Não recomendado para menores de 14 anos.


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES