Brasília-DF,
13/DEZ/2019

Na peça 'Atrás das paredes' nada é o que parece ser

Espetáculo dirigido por Sérgio Sartório com texto do dramaturgo argentino Santiago Serrano expõe a multidimensionalidade da essência humana

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Roberta Pinheiro Publicação:29/11/2019 06:06Atualização:28/11/2019 20:56
Para celebrar 10 anos de trabalho, a Plágio Companhia de Teatro apresenta o espetáculo 'Atrás das paredes' (Alexandre Magno/Divulgação)
Para celebrar 10 anos de trabalho, a Plágio Companhia de Teatro apresenta o espetáculo 'Atrás das paredes'
 
 
Nada é o que aparenta ser, sobretudo, no teatro realista do dramaturgo argentino Santiago Serrano. Para celebrar os 10 anos de trabalho da Plágio Companhia de Teatro, o grupo apresenta a peça Atrás das paredes, uma comédia dramática que coloca em evidência o ser humano. 

A partir de um almoço de domingo, no qual Flora, esposa de Simão, resolve fazer uma surpresa e convida uma família vizinha para celebrar um aniversário, a trama faz emergir personagens multidimensionais. Mais do que interpretações, são seres humanos na essência. 

Da plateia, o público é convidado a adentrar, de maneira invisível, nesta casa e conhecer realidades até então escondidas. Personalidades, desenhos e delírios, além de toda a complexidade que envolve o contexto familiar. 

Serviço

Atrás das paredes
Da Plágio Companhia de Teatro, com direção de Sérgio Sartório e texto do dramaturgo Santiago Serrano. No Teatro do Centro Cultural Banco do Brasil. Até 8 de dezembro, quinta-feira, às 20h; de sexta a domingo, sessões duplas, às 18h e às 20h. Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) — as sessões das 18h terão entrada franca. Não recomendado para menores de 16 anos. 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES