Brasília-DF,
29/SET/2020

Paulo Gustavo e mãe desembarcam em Brasília para peça 'Filho da mãe'

Após ficar conhecida por ter inspirado a protagonista de 'Minha mãe é uma peça', mãe de Paulo Gustavo estreia espetáculo musical ao lado do filho

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Publicação:13/12/2019 06:04Atualização:12/12/2019 20:41
Paulo Gustavo e Déa Lucia compartilham no palco histórias familiares, enquanto lembram canções que marcaram as vidas deles (Deca Produções/Divulgação)
Paulo Gustavo e Déa Lucia compartilham no palco histórias familiares, enquanto lembram canções que marcaram as vidas deles

Déa Lucia, 73 anos, poderia ter se tornado uma famosa cantora. Porém, as obrigações maternas a afastaram, pouco a pouco, da sonhada profissão. “Dura, cheia de questões, solteira, tendo que criar minha irmã e eu. Ela se virava nos 30 para poder conseguir levar dinheiro para casa e a música foi o trabalho que ela teve durante muitos anos. Ela conseguia se divertir e ganhar dinheiro ao mesmo tempo, mas ela não conseguiu seguir completamente uma carreira de cantora”, lembra o ator Paulo Gustavo sobre a mãe que o inspirou a criar a personagem mais famosa do currículo, Dona Hermínia, protagonista de Minha mãe é uma peça, espetáculo que virou filme e se tornará série em 2020.

Querendo retribuir as privações da matriarca, Paulo Gustavo pensou e criou o espetáculo musical Filho da mãe, em que Déa, ao lado dele, sobe ao palco para apresentar canções do repertório que costuma cantar em shows. “As pessoas gostam dela, todo mundo pergunta sobre ela e eu falei: “Mãe, o que você acha da gente subir e fazer um show com o repertório que você cantou a vida toda, mas fazer para muita gente?” Eu tive essa ideia e acabou ficando um show lindo, uma homenagem a ela”, conta.

A peça tem rodado o Brasil em 2019 e está chegando a temporada final. Brasília recebe a montagem em apresentação única no domingo no Auditório Master do Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Essa será a primeira vez que a cidade recebe o show. “Me divirto muito viajando com a minha mãe, porque ela é hilária, divertida, irreverente, e o pessoal se diverte também. Todo show pinta uma coisa diferente, porque ela solta uma coisa”, diz o ator.

Mesmo assim, a apresentação acompanha um roteiro com uma lista de canções que Déa Lucia amava cantar, mesclada a faixas mais recentes. “Em algum momento do show, a gente fala da nossa infância. A gente começa o show cantando Camisa amarela entrando de mãos dadas” adianta Paulo Gustavo.

Serviço

Filho da mãe

Centro de Convenções Ulysses Guimarães (Eixo Monumental). Domingo, às 16h (abertura dos portões). Espetáculo Filho da mãe com Paulo Gustavo e Déa Lucia. Direção musical de Zé Ricardo. Com participação dos músicos André Siqueira (percussão), Claudio Costa (guitarra), Marcelo Linhares (baixo), Mauricio Piassarollo (teclado) e Wallace Santos (bateria). Entrada a R$ 70 (setor superior), R$ 90 (setor especial), R$ 120 (setor VIP), R$ 150 (setor gold) e R$ 180 (setor premium). Valores de meia-entrada, válida para estudantes, idosos, professores, deficientes físicos, doadores de 1kg de alimento não perecível e clientes BRB. Não recomendado para menores de 14 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES