Brasília-DF,
29/SET/2020

Lenine e Ferrugem vão agitar o Pavilhão Luz neste fim de semana

Diferentemente do habitual, a sequência de shows será na sexta (20/12) e no domingo (22/12)

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vinícius Veloso* Publicação:20/12/2019 06:05Atualização:19/12/2019 21:02
Lenine se apresentou em Brasília há dois meses e já está de volta para novo show (Flora Pimentel/Divulgação)
Lenine se apresentou em Brasília há dois meses e já está de volta para novo show

O Pavilhão Luz, evento que vem movimentando os finais de semana do público brasiliense com festas musicais, funcionará de maneira diferente. Nesta sexta-feira (20/12), o cantor Lenine é a atração principal e sobe ao palco embalado pelas músicas marcantes da carreira como Paciência e Leão do norte.
 
Há dois meses o cantor se apresentou na capital com a turnê Em trânsito. O show, que vem sendo apresentado por todo o Brasil, não se repetirá em Brasília. Aqui, Lenine canta uma coletânea de músicas presentes em boa parte da sua obra.

“Nesse show celebrativo — em pleno final de ano — estarão os sucessos, as canções para dançar, se divertir e dividir o prazer de estar junto mais uma vez em Brasília cantando um pouco de tudo do meu repertório”, revela Lenine. Além do cantor, o Pavilhão Luz recebe, nesta sexta (20/12), artistas da capital, como o bloco Minha Luz é de Led, o pessoal do Samba Urgente e a DJ Pequi.
 
Ferrugem traz o pagode da nova turnê 'Chão de Estrelas' para a capital federal (Washington Possato/Divulgação)
Ferrugem traz o pagode da nova turnê 'Chão de Estrelas' para a capital federal


A segunda sequência de shows do fim de semana está marcado para o domingo (22/12) — diferentemente do habitual sábado. Tudo por conta do cantor Ferrugem, que apresenta uma roda de samba em Brasília. Com músicas da nova turnê, sucessos da carreira e pagodes consagrados, o pagodeiro promete um show para o público. “O repertório conta com todos os sucessos de Chão de Estrelas. Mas nem sempre temos um repertório fechado; o pedido do público conta muito. Afinal, o show é para eles.”

Músicas como Até que enfim — sucesso do novo álbum, Som do tambor, É natural, Pra você acreditar e Sinto sua falta fazem parte do show de Ferrugem. Neste mês, o cantor lançou a faixa Primeiro plano como single final deste novo trabalho. Para 2020, novidades estão por vir. O Bloco do Primeiro Beijo e o grupo Senx Gang também se apresentam no domingo (22/12), finalizando a noite de festas no Estádio Nacional Mané Garrincha.

*Estagiário sob a supervisão de Igor Silveira

Três perguntas // Lenine


Após vencer o Grammy Latino com o álbum mais recente, há planos mais ambiciosos para 2020?

Foi o sexto Grammy e o prêmio é muito legal, pois reverbera o seu trabalho e aquilo em que você acredita. Se eu continuo fazendo, é sinal que vou continuar concorrendo e, cada vez que eu ganhar, eu vou celebrar. (risos)

Dentro do show, como as suas habilidades instrumentais dialogam com a questão da voz?

Uma das características do meu trabalho de composição é justamente esse elemento musical da minha obra. Eu sou músico, o violão é uma fonte de expressão muito poderosa em mim. As canções revelam esse tipo de interação e diálogo que ocorre entre o que eu canto e o que eu toco.

Com 60 anos, você continua em atividade. Qual o segredo para ter uma carreira tão duradoura?

Já fiz 60 anos e continuo produzindo. Tenho a felicidade de ter uma profissão que me permite envelhecer e ainda continuar produzindo discos, fazendo shows e criando canções.

Serviço

Pavilhão Luz
Estádio Nacional Mané Garrincha (Eixo Monumental). Nesta sexta-feira (20/12), às 22h. Show com o cantor Lenine e blocos de carnaval. Ingressos a partir de R$ 51. Não recomendado para menores de 18 anos. Domingo (22/12), às 18h. Roda de samba com o cantor Ferrugem. Ingressos a partir de R$ 61. Não recomendado para menores de 18 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES