Brasília-DF,
14/AGO/2020

Adaptação de 'Medeia' é o destaque do teatro neste fim de semana

Cia. Brasilienses de Teatro apresenta 'Medeia - A neta do Sol' no Espaço Cultural Renato Russo, com direção de James Fensterseifer

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Roberta Pinheiro Publicação:07/02/2020 06:02Atualização:06/02/2020 19:54
A peça fica em cartaz até 16 de fevereiro (Adla Marques/Divulgação)
A peça fica em cartaz até 16 de fevereiro

Em seu 19º espetáculo, o diretor e dramaturgo James Fensterseifer adapta o texto de Eurípides em uma montagem atual, porém mantendo a linguagem clássica. Medeia - a neta do Sol condensa, na interpretação da atriz Ana Paula Braga, uma personagem da tragédia grega intensa, cheia de raiva, rancor e amor, acima de tudo. Ao lado dela, os atores Marcos Davi e Felix Saab se desdobram nos personagens masculinos.  

A trama conta a história de uma esposa repudiada e estrangeira perseguida, que se rebela contra o mundo que a rodeia, rejeitando o conformismo tradicional da época. Tomada por uma fúria, a personagem mata os filhos para vingar-se do marido e modificar-se. “Embora mate os filhos, ela também é conhecida por dar importância à maternidade e à família. O texto acabou sendo o início do feminismo do teatro. É uma heroína que mata, se vinga e sobrevive. A tragédia é até hoje muito atual, trata de assuntos de relação, de traição”, explica o diretor.

Em uma sociedade patriarcal, Medeia chama a atenção por tomar as rédeas da própria vida. Ao condensar a figura feminina na interpretação da atriz Ana Paula, James pretende enfatizar a postura feminista e valorizar as atitudes da personagem no espetáculo. O diretor reconhece que foi preciso uma certa coragem para tratar de um tema tão delicado, que inclui o infanticídio. “Mas, escolhemos falar do assunto”, acrescenta. “Em busca da tal experiência catártica, sempre tive vontade de encenar uma tragédia. Caminhar ao lado de um herói trágico e vê-lo enfrentar seu destino; sentir e partilhar as emoções provocadas pelo seu sofrimento profundo, por sua ousadia e derrocada seria uma oportunidade de ouro”, escreve sobre a escolha do texto. 

Para o diretor e dramaturgo, a decisão do trabalho também foi pessoal. “Achei que a personagem trazia um pouco de uma relação que tive com a minha mãe. Essa tragédia traz repercussões palpáveis nas mães de todos os tempos. A síndrome de Medeia foi estudada e diagnosticada como um distúrbio psicológico onde as mães e, às vezes, os pais também renegam seus filhos sem conseguir saber a razão”, comenta. 

Com 20 anos de experiência, a Cia. Brasilienses de Teatro tem se destacado por levar obras da literatura clássica para o palco. Entre outros, a companhia montou Macbeth, Otelo e Conto de Inverno, de Shakespeare. “Mantemos a poesia original e a linguagem mais clássica com diálogos mais ágeis, aproximando mais dos discursos atuais”, descreve James.

Serviço

Medeia — A neta do Sol
No Espaço Cultural Renato Russo. Da Cia. Brasilienses de Teatro. Desta sexta (8/2) até 16 de fevereiro. Sextas e sábados, às 20h, e domingos, às 19h. Ingressos: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia) à venda no Sympla. Não recomendado para menores de 14 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES