Brasília-DF,
29/SET/2020

Caia na balada: samba, funk e trap animam fim de semana de pré-carnaval

Pretinho da Serrinha, compositor de 'Burguesinha' e 'Mina do apartamento', Dj Guuga e Matuê estão entre as principais atrações do fim de semana. Jazz e fanfarra completam as opções

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vinícius Veloso* Publicação:14/02/2020 06:07Atualização:13/02/2020 21:31
O multi-instrumentista Pretinho da Serrinha e o cantor Messias Soares comandam o samba (CI Produções/Divulgação)
O multi-instrumentista Pretinho da Serrinha e o cantor Messias Soares comandam o samba
O espaço Cultural Canteiro Central (SCS Q. 3) é um dos lugares de Brasília que mais recebem eventos. E neste sábado (15/2) não será diferente. A partir das 14h, o local recebe a oitava edição do Bloco do Peleja (confira as informações na sessão Carnaval). À noite, a partir das 21h, começa o Samba pra Valer.

O evento contará com duas atrações diretamente do Rio de Janeiro. O multi-instrumentista Pretinho da Serrinha (foto) e o cantor Messias Soares comandam o samba, que dura até o amanhecer. Junto com eles, os convidados de Brasília são o Samba e Magia, Luciano Ibiapina, Dell, Jean Mussa, Nenel Vida, o grupo Forte Atração e uma bateria de escola de samba. "A expectativa é de que seja uma noite bem animada e que façamos uma grande roda de samba. Fico sempre ansioso de tocar com as baterias, de participar e estar com a turma. Então, tenho certeza de que será uma noite muito animada e com bastante música boa ao som de cavaquinhos", conta Pretinho da Serrinha.

Compositor das músicas Burguesinha e Mina do condomínio, famosas na voz de Seu Jorge, Pretinho também comandou a bateria da escola de samba carioca Império Serrano. Agora, na capital federal, acredita que retomará as origens do Rio de Janeiro. "O que me trouxe até Brasília foi o samba, além do batuque das escolas de samba, que me relembram de onde vim. Comecei em uma escola de samba do Rio de Janeiro aos 10 anos; então, eu me identifico muito com essa turma e com os artistas locais. É sempre bom se juntar com a galera que está chegando."

A entrada para o samba é realizada mediante a entrega de 1kg de alimento não perecível, e a classificação indicativa é livre. 

*estagiário sob a supervisão de Igor Silveira
 
 
Bloco Calango Careta  ( Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
Bloco Calango Careta

 

Jazz carnavalesco


O clima de carnaval invade a Cervejaria Criolina (SOF Sul Q. 1). Nesta sexta (14/2), mais uma edição do projeto Superjazz será realizada no local, a partir das 22h, misturando as sonoridades do jazz e do carnaval. O evento contará com sets do Dj Dudão Melo, idealizador do projeto que ocorre em São Paulo há 15 anos, e do Dj Mario Sartô, à noite. O bloco Calango Careta (foto) realizará uma performance solo no local com a Orquestra Camaleônica e Capivareta Repercussiva, além da Trupe circense Quéro-Quéro. Após, as atrações se unem para uma jam session com uma diversidade musical para animar o público. Com ingressos a partir de R$ 25 no dinheiro ou R$ 30 no cartão, o Superjazz não é recomendado para menores de 18 anos.
 
 
O Baile do DJ Guuga está de volta à capital (Bravo Assessoria/Divulgação)
O Baile do DJ Guuga está de volta à capital
 

Hostel em dose dupla


O Baile do DJ Guuga (foto) está de volta à capital. Após uma apresentação em Brasília no Réveillon da Yurb, é a vez de o artista desembarcar nesta sexta-feira (14/2) no Hostel Lounge Club (SCES Tc. 2) para mais uma apresentação recheada de funk. Com uma produção cheia de pirotecnias e interações com o público, traz músicas que prometem animar o público.

O Dj Guuga é conhecido por tocar funk e fazer remixes com o eletrônico e até com sertanejo. No repertório, músicas como Tchau pra quem namora, Vou ficar doidão, Helicóptero, Acompanha o grave e Idiota. Entre as parcerias musicais, destaque para MC Pierre e DJ Gege, que dualizam com o artista na maioria dos hits.

Marcado para às 22h30, o evento não é recomendado para menores de 18 anos e tem ingressos sendo vendidos por R$ 50 (meia-entrada e segundo lote).

Trap 


Sábado (15/2) é a vez de Matuê, um dos grandes nomes da cena do trap nacional, ser o protagonista do Hostel Lounge Club (SCES Tc. 2). O baile, organizado com uma decoração temática de Las Vegas, marca a despedida das férias no local. No ano passado, quando estava surgindo no cenário nacional, o artista se apresentou no Hostel com uma line-up de funk, rap e trap. Este ano, com maior visibilidade, sucessos na carreira e dono do próprio selo musical, o artista realiza um show mais completo para o público.

A música Banco, por exemplo, foi lançada no início de 2019. Um ano depois, está fazendo sucesso pelo país e faz parte do repertório de Matuê para Brasília. Além dessa composição, outras músicas, como Anos luz, Kenny G e Mantém, devem ser apresentadas no palco da festa.

No Hostel, os artistas principais costumam subir ao palco no meio da madrugada. Portanto, quem chegar mais cedo poderá se divertir com Hugo Drop, AutoBotz, Chicco Aquino, Gabj, Mvlxne e Bruno Antum tocando funk e hip hop. O evento Metadinha com Matuê tem início às 22h30, e os ingressos custam R$ 50 (meia-entrada e segundo lote), não sendo recomendado para menores de 18 anos.

De novo!


É isso mesmo, vai ter RALA novamente. A festa brasiliense tem o funk como foco musical, mas desta vez está marcada para a Birosca (Conic), a partir das 22h. Entre as atrações escolhidas, estão Tyrone, Jojobaby e Saskiavibes, do Distrito Federal, e Larinhx e Sh1ft, do Rio de Janeiro. A intenção do evento é trazer diversão para o público presente com os estilos musicais trap, funk e house, além de criar interações entre as pessoas. Por esse motivo, a festa desta sexta-feira (14/2) é gratuita, conta com dose dupla de caipirinha até 0h, e a entrada está liberada (não recomendado para menores de 18 anos) mediante retirada da cortesia no aplicativo Sympla.
 

Segunda edição


O Outro Calaf (SBS Q. 2) organiza mais uma edição do evento A solidão me fez Rockeira nesta sexta-feira (14/2). Após pedidos do público, o local programou a segunda festa para o período do carnaval. Na pista de dança, a música fica por conta de Gontijo, Athena, Luis Marqs e Danillo Costa, que tocarão indie, rock clássico, new wave, glam rock, grunge e rock dos anos 2000. O evento conta com dose dupla do drink Emopalooza até às 23h, não é recomendado para menores de 18 anos e os ingressos antecipados custam R$ 15. No local, R$ 10 até às 22h30, e R$ 20 até 0h.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES