Brasília-DF,
06/ABR/2020

Confira as exposições disponíveis no feriado de carnaval

Saiba quais espaços culturais estarão abertos para visitação durante o feriado prolongado

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Roberta Pinheiro Publicação:21/02/2020 06:05Atualização:20/02/2020 20:31
'Práticas de notação do tempo', da artista Ludmilla Alves, em exposição na Galeria Casa ( Ludmilla Alves/Divulgação)
'Práticas de notação do tempo', da artista Ludmilla Alves, em exposição na Galeria Casa

 
Diante de uma cidade que se rendeu ao carnaval, pelo menos nesses cinco dias, encontrar opções que substituam o glitter e a purpurina por tinta, tela ou escultura não será tarefa fácil. O Museu Nacional da República, espaço que reúne três exposições, estará fechado a partir desta sexta-feira (21/2) até as 12h da Quarta-Feira de Cinzas. Contudo, pensando nos amantes das artes visuais que querem aproveitar a folia, e ainda assim conferir as exposições na capital, o Divirta-se Mais separou algumas opções.

O Museu dos Povos Indígenas, localizado no Eixo Monumental Oeste, junto à Praça do Buriti, está com duas mostras: O agro não é pop, do artista plástico indígena Denílson Baniwa e Menire Bê Kayapó Djàpêj (A mulher Kayapó e seu trabalho), com um rico acervo desse povo que vive em aldeias a sudoeste do Pará. O espaço funcionará todos os dias, exceto na segunda-feira, das 10h às 17h, e Quarta-feira de Cinzas, das 9h às 17h.

Outro espaço cultural público que funcionará normalmente nesse feriadão é a Casa Niemeyer. Atualmente, está em cartaz a mostra Triangular: arte deste século, com as aquisições recentes de arte contemporânea da Universidade de Brasília (UnB). Foram contemplados cerca de 100 artistas de todo Brasil. O local funciona todos os dias, das 8h às 18h. Quem for visitar deve tocar a campainha do portão para ser recepcionado.

No fim de semana, as portas do Centro Cultural TCU e da Galeria Casa, no CasaPark, estão abertas. Em parceria com a Caixa Econômica Federal, o Centro Cultural TCU recebe a exposição Traços da Sorte — Loterias no Acervo da CAIXA, que apresenta 42 obras, de artistas como Di Cavalcanti, Djanira e Carlos Scliar. O centro cultural funciona hoje, das 9h às 19h, e sábado, das 10h às 18h com oficinas de arte para todas as idades de 11h às 12h e de 15h às 16h.

Com instalações de oito artistas da capital em parceria com curadores, a mostra Curare é um projeto criado pela galeria deCurators, que está em exposição na Galeria Casa. Localizada no CasaPark, ela funciona amanhã, das 14h às 22h, domingo, das 14h às 20h, e volta a abrir na quarta-feira de cinza às 14h.

Serviço

O agro não é pop
De Denílson Baniwa.
Menire Bê Kayapó Djàpêj (A mulher Kayapó e seu trabalho).
No Memorial dos Povos Indígenas. Aberto todos os dias, exceto na segunda-feira, das 10h às 17h, e quarta-feira de cinzas, das 9h às 17h.

Triangular: arte deste século
Na Casa Niemeyer. Aberto todos os dias, das 8h às 18h. 

Traços da Sorte — Loterias no Acervo  da CAIXA 
No Centro Cultural TCU. Sexta-feira, das 9h às 19h, amanhã, das 10h às 18h com oficinas de arte para todas as idades de 11h às 12h e de 15h às 16h.

Curare
Na Galeria Casa. Sábado, das 14h às 22h, domingo, das 14h às 20h, e volta a abrir na quarta-feira de cinza às 14h.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES