Brasília-DF,
24/SET/2020

Após adiamento, Divinas Tetas comanda a ressaca de carnaval

O evento ocorre este sábado, no gramado entre a Funarte e o Centro de Convenções Ulysses Guimarães, a partir das 12h

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Publicação:28/02/2020 06:04Atualização:27/02/2020 19:51
A apresentação do grupo está marcada para este sábado, a partir das 12h, no gramado entre o Complexo Cultural da Funarte e o Centro de Convenções Ulysses Guimarães (Thais Mallon/Divulgação)
A apresentação do grupo está marcada para este sábado, a partir das 12h, no gramado entre o Complexo Cultural da Funarte e o Centro de Convenções Ulysses Guimarães
Um dos grupos mais aclamados do carnaval brasiliense, o Bloco das Divinas Tetas ficou de fora da folia oficial, mas será responsável por comandar a ressaca. A apresentação do grupo está marcada para este sábado (29/2), a partir das 12h, no gramado entre o Complexo Cultural da Funarte e o Centro de Convenções Ulysses Guimarães (Eixo Monumental).

O show ocorrerá após o adiamento do evento, que seria realizado na segunda-feira de carnaval no gramado da 207 Norte, e acabou inviabilizado por falta de autorização da Universidade de Brasília (UnB), uma das responsáveis pelo terreno. Sem tempo hábil para remarcar o evento, o bloco optou por mudar o dia da festa, que, agora, terá também um novo espaço, escolhido com ajuda da Administração de Brasília e da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF.

“No final, a gente ficou muito feliz com tudo isso que aconteceu. Recebemos uma série de manifestações de apoio e de carinho. Foi muito bom ver o carinho das quadras 105 Norte e 407 Norte, que ficaram de braços abertos para nós. Isso foi muito legal. A conversa que a gente teve com a administração da cidade, bem como com a Secretaria de Cultura, foi muito legal. Eles foram muito receptivos”, afirma Adolfo Neto, vocalista e baixista do Bloco das Divinas Tetas.

Por não ter saído no carnaval, a expectativa para o evento é grande. A folia começa com discotecagem da DJ Tâmara Maravilha, que se apresenta das 12h às 14h. Depois o bloco sobe ao palco com a banda completa para tocar os principais sucessos do movimento da Tropicália, com sucessos como Não enche (Caetano Veloso), Vaca profana (Gal Costa), A menina dança (Novos Baianos) e Toda menina baiana (Gilberto Gil).

“A festa será uma apresentação muito bonita, com todo mundo do bloco e muito amor no coração fazendo o carnaval com alegria, respeito e tolerância”, adianta Adolfo.

Este é o quinto ano de desfile do grupo, que percebeu mudanças no carnaval de rua este ano. “A gente vê que está existindo um movimento contrário ao carnaval, que é a maior manifestação cultural do planeta. E não está acontecendo só em Brasília, a perseguição a vários blocos tem ocorrido em outras cidades. Vejo que esse é o momento em que, mais do que nunca, o povo brasileiro tem que estar nas ruas para garantir estse nosso patrimônio cultural”, completa Adolfo.

Serviço

Bloco das Divinas Tetas
Gramado entre o Complexo Cultural da Funarte e o Centro de Convenções Ulysses Guimarães (Eixo Monumental). Sábado (29/2), das 12h às 18h. Com abertura da DJ Tâmara Maravilha e show do Bloco das Divinas Tetas. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Música brasileira


Assim com o Bloco das Divinas Tetas presta uma homenagem ao Tropicalismo, outros grupos de carnaval fazem tributo à música brasileira de modo geral. É o caso do Bloco Vamos FullGil, que também se apresenta este sábado (29/2). Com show a partir das 15h no Estacionamento 4 do Parque da Cidade, o grupo cantará sucessos de Gilberto Gil em ritmo de carnaval. A apresentação marca o nascimento do projeto.

Bloco Vamos FullGill

Estacionamento 4 do Parque da Cidade. Sábado (29/2), das 15h às 22h. Bloco Vamos FullGill. Entrada franca, mediante retirada de ingresso no site www.sympla.com.br. Classificação indicativa livre.


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES