Brasília-DF,
28/MAR/2020

Vai que cola rende bons índices de audiência e garante sequência em 2014

A primeira temporada da série teve a maior média de audiência de uma produção brasileira na tevê paga na última década

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Juliana Figueiredo - Especial para o Correio Publicação:15/12/2013 06:05

Humorístico do Multishow aposta em piadas e situações do cotidiano (Juliana Coutinho/Divulgação)
Humorístico do Multishow aposta em piadas e situações do cotidiano

A série Vai que cola, do Multishow, foi uma das grandes surpresas do ano. O humorístico conta a história de Valdomiro (Paulo Gustavo), um malandro que mora na pensão de Dona Jô (Catarina Abdala), e lá encontra o zelador Ferdinando (Marcus Majella) e a fogosa Terezinha (Cacau Protásio).

A primeira temporada da série, que terminou em agosto, teve a maior média de audiência de uma produção brasileira na tevê paga na última década. A versão moderna de Sai de baixo, recheada de piadas e de palavrões, atraiu 11 milhões de espectadores nos 20 primeiros episódios. Atualmente, o seriado é reprisado de segunda a sexta. Em 2014, a atração volta, turbinada com a entrada de Marcelo Médici e Fábio Porchat.

Outra campeã de audiência é Se eu fosse você, baseada no filme homônimo de Daniel Filho. Os atores Paloma Duarte e Heitor Martinez entram no lugar de Glória Pires e Tony Ramos num roteiro diferente do original. Interpretando dois conhecidos que nunca se deram bem e que, magicamente, trocam de corpo após uma noite juntos. O seriado, exibido pela Fox, as quartas-feiras, às 22h30, só perde para Walking dead, e é mais visto que sucessos internacionais como American Horror Story.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK