Brasília-DF,
20/SET/2017

Série Tyrant, que envolve ditadura, política e violência estreia hoje, no FX

Dos mesmos produtores de Homeland, a atração narra os conflitos do retorno do filho de um ditador após 20 anos longe de casa

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Alexandre de Paula - Especial para o Correio Publicação:02/11/2014 06:02
Ditadura, política e violência são temas de produção (FX/Divulgação)
Ditadura, política e violência são temas de produção
Filho de um ditador do Oriente Médio, um médico que passou 20 anos nos Estados Unidos retorna ao país de origem. Na volta, terá de lidar com os conflitos entre os valores ocidentais aos quais se acostumou nas últimas duas décadas e os desmandos de um governo autoritário, liderado por familiares. Esse é o ponto de partida da série Tyrant, que estreia na FX neste domingo às 23h.

Tyrant é escrita e produzida por Howard Gordon e Gideon Raff. A dupla é responsável também pela produção de Homeland e levou o Emmy pela série. Tyrant é composta por 10 episódios de uma hora e é protagonizada por Bassam "Barry" Al-Fayeed (Adam Rayner).

O mais novo dos filhos do ditador, ele deixou o país por não concordar com a maneira violenta de governar do pai. Nos EUA, Barry se casou e teve dois filhos. Ele só retorna ao país natal porque um dos sobrinhos vai se casar. Ao chegar, Barry se depara com todos os conflitos de que tentou fugir.

Um dos amigos de infância do protagonista, o jornalista Fauzi (Fares Fares) é preso e torturado depois de escrever reportagens em que denunciava os abusos da ditadura. Abalado pelo choque da volta aos costumes da infância, Barry se vê, durante a série, a cada episódio mais envolvido com as questões familiares, e mesmo com a situação política do país.

Somado a tudo isso, Barry acompanha a saúde do pai piorar a cada dia e enxerga aí uma possibilidade de tentar alterar os rumos da política adotada. É aí que a série se desenrola, nos conflitos e nas tentativas de Barry de convencer o primogênito e herdeiro do trono, Sammy (Noah Silver), a transformar o governo do país.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK