Brasília-DF,
17/OUT/2017

Copa do Mundo de Futebol Feminino cai nas graças da coluna Eu vi! da semana

A transmissão dos jogos foi feita pela TV Brasil

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Diego Ponce de Leon Publicação:21/06/2015 06:18
Jogadora Marta comemora gol entre Brasil x EUA, válido pelo Torneio Internacional de Futebol Feminino, no Estádio Nacional Mané Garricnha (Daniel Ferreira/CB/D.A Press)
Jogadora Marta comemora gol entre Brasil x EUA, válido pelo Torneio Internacional de Futebol Feminino, no Estádio Nacional Mané Garricnha
Um salve para a TV Brasil, que resolveu transmitir a Copa do Mundo de Futebol Feminino. Em vez de debatermos os problemas com o fisco espanhol, o corte de cabelo esdrúxulo e o suposto assédio que interfere na qualidade do futebol do Neymar, deveríamos celebrar nossa Marta, cinco vezes eleita a melhor jogadora do mundo, um recorde.

Não há dúvida de vivermos em um país sexista, retrógrado e cada vez mais conservador, e o futebol - como tantos outros exemplos - ilustra bem o quadro. O interesse geral das emissoras pelas seleção masculina reforça um estereótipo de gênero e nada contribui para um panorama democrático nos esportes.

Há alguma dúvida de que a habilidade de Cristiane, Andressa, Fabiana e da própria Marta não esteja à altura da dos rapazes? Melhor nem falarmos das diferenças dos salários. Enquanto o próprio espectador se deixa levar por essa manipulação histórica (e prefere assistir às coxas masculinas em campo), perdemos a chance de reconhecermos algumas heroínas. Ou você ainda acredita que futebol é coisa de homem? Só se for das cavernas…

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK