Brasília-DF,
15/OUT/2018

Peça escocesa Tomorrow estreia nesta quinta-feira no Cena Contemporânea

Além da peça anglo-saxã, as montagens "Noctiluzes" e "Adaptação" estão em cartaz

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Mariana Vieira Publicação:28/08/2014 08:31
Hoje é o último dia para ver o espetáculo Adaptação, da Cia Teatro de Açúcar  (Diego Bresani/Divulgação)
Hoje é o último dia para ver o espetáculo Adaptação, da Cia Teatro de Açúcar

Uma maratona. É como pode ser definido o Cena Contemporânea. Até agora, foram 16 peças em 32 apresentações em cinco teatros. A diversidade de atrações é enorme. Hoje, estreia a única peça anglo-saxã selecionada na edição deste ano: Tomorrow, da Cia. escocesa Vanishing Point Theatre Company, que será apresentada em inglês sem legendas ou dublagem.

O espetáculo é resultado de um processo de criação de cinco semanas, entre dezembro de 2013 e janeiro de 2014, e dá continuidade a uma oficina ministrada pelo diretor, Matthew Lenton, na edição do ano passado do Cena Contemporânea.

Hoje, o teatro brasiliense tem espaço em duas montagens. Adaptação, monólogo de Gabriel F., da companhia Teatro de Açúcar, é mais um espetáculo da fase póstuma da Cia. A dificuldade do grupo Teatro de Açúcar em manter suas atividades pode ter levado ao seu fim em 2012, mas também motivou a criação desse trabalho. Em cena, Gabriel se reveza para dar vida a personagens ligados ao universo teatral. Hoje, é o último dia para conferir o espetáculo.

A outra prata da casa é Noctiluzes, da Cia. Plágio de Teatro. Com texto do dramaturgo argentino Santiago Serrano, e com os atores Chico Sant’Anna, Sérgio Sartório e Vinícius Ferreira no elenco, trata-se de uma segunda chance para quem perdeu a curta temporada que esteve em cartaz no começo do ano.

Com tantas atrações, nem sempre os fãs conseguem ir a todas as peças que gostariam. “Estou me revezando para acompanhar, você sai de uma peça e já entra em outra, mas vale a pena”, define Luka Magalhães, produtor cultural que acompanha a mostra. “Mesmo sendo uma edição menor do que a dos anos anteriores, não deixa de ser um intensivo de teatro”, define.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES