Brasília-DF,
14/DEZ/2018

Adaptação teatral de Medeia traz feminismo à trama

A peça Raízes bárbaras! O mito de Medeia! se inspira na obra clássica grega e no crescente empoderamento feminino

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Leonardo Fernandes especial para o correio Publicação:18/09/2015 06:55Atualização:17/09/2015 16:03
Tema mais do que atual, o empoderamento feminino traz Medeia aos dias de hoje (Vassiliev/Divulgação)
Tema mais do que atual, o empoderamento feminino traz Medeia aos dias de hoje
Adaptação livre da consagrada peça Medeia, de Eurípedes, o espetáculo Raízes bárbaras! O mito de Medeia! estreia este fim de semana no Teatro Dulcina, com direção geral de Rosina Chaves e a direção de cena do ator Gê Martú.
 
Abordando a questão da violência de pais e mães contra suas crianças, o espetáculo se vale das linguagens contemporâneas, visual e sonora, para apresentar um texto teatral clássico. A ideia surgiu a partir da leitura de uma notícia de jornal em que uma mãe havia matado os próprios filhos.
 
A despeito dos momentos de felicidade conjugal e familiar, a protagonista se vê devastada quando seu marido decide casar-se com outra mulher, situação semelhante à da narrativa grega. Considerada chocante para os seus contemporâneos, em 431 a.C. (quando estreou na Grécia), Medeia experimentou um interesse renovado do público com o surgimento do movimento feminista, atendendo ao tema da decisão de uma mulher sobre a sua própria vida num mundo dominado pelos homens.
 
Segundo a diretora, a atual montagem é dedicada às corajosas mulheres que se separaram de seus maridos na década de 1980, buscando suas identidades, à revelia dos costumes de época. “Trata-se de um espetáculo sobre feminismo e sobre o papel da mulher nas novas configurações familiares e sociais”, conta Rosina Chaves.

Serviço
Raizes Bárbaras! O Mito de Medeia!
Teatro Dulcina (SDS, Conic, Bl. C, nº 30/64)
Hoje e amanhã, às 21h, e domingo, às 20h
Ingressos a R$ 15 (meia)
Não recomendado para menores de 16 anos

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES