Brasília-DF,
22/OUT/2017

Festival CoMA tem vasta programação com shows e painéis de debate

Valorizando o cenário musical de Brasília e do país, o evento conta com apresentações de artistas como Rico Dalasam e Clarice Falcão

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Publicação:04/08/2017 06:00
Após a turnê de 'Orgunga', Rico Dalasam apresentará no CoMA o novo trabalho, 'Balanga raba' (Henrique Grandi/Divulgação)
Após a turnê de 'Orgunga', Rico Dalasam apresentará no CoMA o novo trabalho, 'Balanga raba'
De sexta até domingo, a capital federal recebe a primeira edição do festival CoMA — Convenção de Música e Arte. Aos moldes de eventos como o espanhol Primavera Sound, o festival terá shows e palestras em espaço montado no Eixo Monumental, no gramado entre a Funarte e o Centro de Convenções Ulysses Guimarães.
 
A programação musical começa amanhã e contará com mais de 40 atrações se revezando nos palcos Sul e Norte e também no Planetário e no Clube do Choro. As grandes atrações dos dois dias são o cantor Lenine, que encerra o festival no domingo, e o rapper Emicida, que integra a programação de amanhã. O line-up tem ainda Clarice Falcão, Scalene, Silva, Far From Alaska, Rico Dalasam, Larissa Luz, o grupo internacional O’Brother e atrações do cenário brasiliense.
 
Um dos convidados da primeira edição é o rapper Rico Dalasam, que se apresenta amanhã, com show previsto para as 21h15. Em turnê com o mais recente EP Balanga raba, o artista chega à cidade com o show que tem canções dos álbuns anteriores e as quatro faixas que integram o novo material. 
 
“A turnê de Orgunga (álbum anterior) tinha a pretensão de me apresentar ao Brasil, como um apanhado da minha vida e existência. Balanga raba é um momento em que estou preocupado em fazer esse encontro entre o rap e pop, com um jeito meu”. Entre as canções está a faixa Todo dia (gravada com Pabllo Vittar).
 
Dalasam afirma que Brasília está entre as suas cidades preferidas para fazer show. Com algumas passagens pela capital, ele conta que achou incrível o conceito por trás do CoMA. “Ir a Brasília é sempre incrível. Toda vez que vou, é muito positivo. Estou na maior expectativa em participar do festival, até porque vi que tem muita gente incrível não só cantando, mas também nos debates”, comenta.

Serviço
Festival CoMA
Complexo CoMA (no gramado entre a Funarte e o Centro de Convenções Ulysses Guimarães, com entradas pela Torre de TV, Parque da Cidade e Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, no Eixo Monumental). Nesta sexta, sábado e domingo. Com shows, painéis, espaço gastronômico e feira cultural. Ingressos a R$ 10 (1 dia), R$ 50 (VIP — 1 dia), R$ 80 (VIP — 2 dias) e R$ 125 (credencial conferência, 2 dias — passaporte completo). Valores de meia-entrada e sujeitos a alteração. À venda pelo site: www.influenzaproducoes.com.br/coma. Não recomendado para menores de 16 anos, exceto se acompanhados. 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES