Brasília-DF,
19/OUT/2019

Caia na balada: Ritmos como funk e pagode animam a noite brasiliense

Celebrando os 15 anos de existência da 'balada-ocupação', o grupo Confronto Sound System se apresenta neste sábado

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Publicação:11/10/2019 06:01Atualização:11/10/2019 11:09

Confronto Sound System toca nos 15 anos do tradicional evento no Setor Comercial Sul  (Arquivo Pessoal )
Confronto Sound System toca nos 15 anos do tradicional evento no Setor Comercial Sul

 

Debute

 

Um dos coletivos mais tradicionais de Brasília, o Confronto Sound System celebra, com festa no sábado (12/10), os 15 anos da primeira “balada-ocupação” do grupo no Setor Comercial Sul. “Nossa primeira festa de graça na rua, aconteceu em 3 de dezembro de 2004. Na época, a gente era mais aventureiro e não estava preocupado com a chuva. Desta vez, vamos fazer um pouco mais cedo, por conta desse risco”, diz Afonso Serpa, um dos integrantes do projeto. Assim, o debute será sábado, a partir das 15h, no Canteiro Central do Setor Comercial Sul (Qd. 3. Bl. A, Lt. 210).

 

 

 

Evento pioneiro em ocupação de espaços públicos, o Confronto 15 anos se mantém gratuito e com uma programação diversificada. DJs que passaram pelo coletivo estão entre os nomes confirmados para comandar a festa. Também está escalada a turma do Dbanks (Megaton Dub). “A gente está trazendo todas as pessoas que fizeram parte do Confronto. Elas vão tocar como DJs”, adianta Serpa.

 

Sobre o repertório, os presentes podem esperar um passeio pelas vários momentos do Confronto Sound System. “Estamos fazendo um repertório especial passando por várias fases, desde coisas mais tradicionais ligadas à cultura jamaicana, como mais modernas. Essa é uma forma de contemplar e fazer um apanhado desses 15 anos em que ficamos ativos e que muita coisa mudou”, analisa. A entrada é franca. Não recomendado para menores de 18 anos. 

 

Músico comanda o grupo Art Popular, dona do hit 'Pimpolho' (DMusic/Divulgação)
Músico comanda o grupo Art Popular, dona do hit 'Pimpolho'

Para pagodear

 

O projeto Temporada do Bem promove a primeira edição nesta sexta-feira, a partir das 21h, no Bangalô da AABB (SCES, Tc. 2). Na estreia, o evento celebra o pagode dos anos 1990. O grande convidado e representante do conceito é o grupo Art Popular, dono de hits como Pimpolho, Telegrama, Fricote e Amarelinha. A banda é comandada por Leandro Lehart. Completam o time de atrações a cantora Deborah Vasconcellos, que esteve no elenco do The voice Brasil e tem se destacado no mercado sambista carioca, e banda Orifá. Entrada a R$ 50 (sócios) e R$ 70 (não sócios). Valores de primeiro lote e meia-entrada. Venda: www.dobemproducao.com.br/. Não recomendado para menores de 18 anos. Estão previstas mais duas edições da Temporada do Bem em 19 de outubro (Samba gourmet, com Diogo Nogueira) e 7 de novembro (Samba 360º, com Vou Pro Sereno).

 

A Dj Rivkah compõe a lista de atrações que tocarão no Federal Music  ( Bruno Soares/Divulgação)
A Dj Rivkah compõe a lista de atrações que tocarão no Federal Music

Até o amanhecer

 

O festival Federal Music terá uma nova edição sexta-feira, a partir das 21h, na Torre de TV Digital. Ao todo, o evento contará com mais de 30 atrações da música eletrônica nacional e internacional se revezando em 12 horas de festa. Os grandes destaques da programação são os DJs Nicky Romero (Holanda), Astrix (Israel) e Illusionize (Brasil). A lista tem ainda Vini Vici, Infected Mushroom, Gabe, Hi-Profile, Chapeleiro, Liu, Mandragora, Liu, Sevenn, OMIKI e Rivkah (foto), a produtora mais jovem do Brasil. Os ingressos custam R$ 110 (front stage — 6º lote), R$ 150 (camarote — 6º lote) e R$ 250 (backstage restritto — 4º lote). À venda em www.sympla.com.br. Não recomendado para menores de 18 anos.

 

Novidade

 

O Outro Calaf (SBS, Qd. 2) será cenário da festa Lullaween, que ocorre sábado, a partir das 22h. Rock, pop, eletrônica e funk se misturam no set dos DJs Danilo Costa (rock militante), FémDeus DJs (funk comunista), Caco Lelis (pop com mortadela), Teenangel (riot funk) e Dark0 (bregafunk de esquerda). Os ingressos são gratuitos até 0h para quem retirar no site www.sympla.com.br. Após esse horário, as entradas custam R$ 15 (até as 22h30), R$ 20 (até as 23h30) e R$ 30 (após). Valores de meia-entrada. Não recomendado para menores de 18 anos.

 

O funkeiro Jonathan Costa, conhecido pela participação no Furacão 2000, se apresenta na boate Pink Elephant Brasil  (Bravo Assessoria/Divulgação)
O funkeiro Jonathan Costa, conhecido pela participação no Furacão 2000, se apresenta na boate Pink Elephant Brasil

Funk das antigas

 

Jonathan Costa, que ficou conhecido ainda criança nos bailes da Furacão 2000, desembarca em Brasília para show na sexta, a partir das 23h, na boate Pink Elephant Brasil (SCES, Tc. 2). O DJ e funkeiro apresenta o projeto Jon Jon o baile, em que faz um setlist com vários hits, como Vida que segue, Minha blusa e Diferenciada. Os ingressos estão à venda por R$ 20 (mulheres) e R$ 40 (homens). Valores de meia. Não recomendado para menores de 18 anos.

 

Outros agitos

 

Também na sexta, às 23h, tem a terceira edição do SarraweenBailão de Halloween no Gilberto Salomão (SHIS, QI 5). A pista de dança será comandada pelos DJs Futuro, Wesley Calixto e Porn. Entrada franca com ingressos retirados no www.sympla.com.br até 23h30. Após: R$ 20 (até a 0h30), R$ 30 (até a 1h), R$ 40 (até as 2h) e R$ 50 (após). Não recomendado para menores de 18 anos.

 

Sexta, às 22h, a Toranja ganha nova edição no Espaço Birosca (Conic). A festa terá discotecagem dos DJs The Gagarins, Stacey’s, Ivan Rebroff e Spot. A entrada é gratuita até 0h com retirada de ingresso no www.sympla.com.br. Após meia-noite, os ingressos estão a R$ 20. Não recomendado para menores de 18 anos.


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES