Brasília-DF,
16/DEZ/2017

Silicon Valley volta a fazer piada da vida dos profissionais da alta tecnologia

A série volta para segunda temporada, com dez episódios previstos

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Publicação:19/04/2015 06:50
Futuro brilhante dos protagonistas estará ameaçado na nova temporada (HBO/Divulgação)
Futuro brilhante dos protagonistas estará ameaçado na nova temporada
Desde o lançamento da primeira temporada, no ano passado, Silicon Valley conquistou público e audiência. O motivo do sucesso tem muito a ver com o fato de ser uma série que retrata fielmente o universo geek e nerd e a disputa no lucrativo mundo da alta tecnologia.

Agora, a atração chega à segunda temporada, que estreou no Brasil na última sexta-feira, na HBO. A nova temporada tem como foco o vislumbre de um futuro brilhante de Richard (Thomas Middleditch), o programador que vê a vida mudar após descobrir um algoritmo de compreensão mais rápido e econômico.

Ele tenta se consolidar no mundo dos negócios ao lado da equipe do site Pied Pier, formada por Erlich (T. J. Miller), Jared (Zack Woods), Gilfoyle (Martin Starr) e Dinesh (Kumail Nanjiani). No entanto, o que os amigos não sabem é que tudo está prestes a desmoronar devido a problemas jurídicos e aos planos de vingança do fundador da empresa concorrente.

A trama é inspirada na vida de um dos criadores Mike Judge - o outro é Alec Berg -, ator de Saturday night live e responsável pela comédia Beavis & Butthead, que foi engenheiro no Vale do Silício, na Califórnia (EUA), no fim da década de 1980.

Ao todo, a sequência terá dez episódios e, antes mesmo da série terminar, a HBO anunciou na semana passada que o seriado está no pacote de renovações do canal, seguindo então para uma terceira temporada no próximo ano.

Temática

Silicon Valley poderia ser mais uma cópia do sitcom The Big Bang Theory devido a temática do universo nerd. No entanto, as séries são bastante distintas. Enquanto, na comédia, os amigos são todos bem-sucedidos e as piadas ficam mais em relação ao convívio e aos relacionamentos, esse não é o caso da trama da HBO, que coloca em destaque a carreira profissional dos personagens.

Mudança

Inicialmente, a série acompanhava seis programadores ao invés de cinco. O ator Christopher Evan Welch que interpretava o personagem Peter Gregory, um investidor maluco, morreu no fim das gravações da primeira temporada vítima de um câncer, o fez com que os produtores tivessem que reescrever algumas cenas.

Confira trailer da nova temporada:



COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK