Brasília-DF,
20/OUT/2017

Perfil da semana te mostra quem é Marco Nanini

Como um professor de filosofia em Êta mundo bom!, o ator deixa A grande família para trás

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vinicius Nader Publicação:24/01/2016 06:00Atualização:22/01/2016 13:44


Quem é
Nome: Marco Antônio Barroso Nanini
Idade: 67 anos
Local de nascimento: Recife (PE)

Existe uma geração que não teve a oportunidade — e o prazer — de assistir a Marco Nanini diariamente em uma novela. Dezessete anos depois de Andando nas nuvens, o ator comemora 50 anos de carreira na telinha como o professor Pancrácio de Êta mundo bom!, trama das 18h assinada por Walcyr Carrasco.

O afastamento de Nanini das novelas não foi de caso pensado. Três anos depois de Andando nas nuvens, ele foi chamado para ser o Lineu de A grande família. A ideia era que o programa tivesse menos de 25 episódios. O resultado, a gente lembra: 14 anos de sucesso.

“Não sinto saudade porque Lineu  está sempre comigo. Virou um grande amigo e está em um canto especial no meu coração. Este retorno tem um sabor de saudade. Fiz muitas tramas no horário das 18h. É uma volta feliz”, afirmou o ator ao jornal Extra, acrescentando que um ano parado foi mais do que suficiente porque não aguentava mais ficar sem fazer nada.

 

Fui muito feliz com Lineu, que virou meu amigo para sempre - Marco Nanini
Fui muito feliz com Lineu, que virou meu amigo para sempre - Marco Nanini

 

Na tevê, nos palcos e nas telas, Marco Nanini se desdobra para encarar tipos que vão de textos  clássicos de Molière e Beckett, passando por comédias escrachadas — quem não se lembra de Brega & Chique ou de TV Pirata? Já, fora dos holofotes, a ideia é primar pela discrição. “Gosto muito de ficar em casa, tenho cachorro, árvore frutífera, tenho muitos amigos crianças, filhos de quem trabalha comigo”, contou ao portal Uol.

Mas, quando solta o verbo, Nanini causa polêmica. Foi assim há cinco anos, quando falou abertamente sobre sua homossexualidade pela primeira vez. Mas não pense que a motivação foi exposição na mídia, o que o encorajou foi a luta contra as agressões que vinham acontecendo no país.  “Eu nunca estive no armário. Mas me senti pressionado por mim mesmo, vendo os casos de agressão, a me posicionar. Não ia ficar na sombra”, explicou.

Marco Nanini é assim: muitos e um só. Não importa se militante social, comediante nato, produtor de teatro, ator de um drama intenso, um pacato dono de casa. A questão é sempre uma: continuar, aos 50 anos de carreira (“não quero comemorações, mas, se me convidarem, eu vou”), divertindo o público brasileiro por várias gerações.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK