Brasília-DF,
21/OUT/2018

Coluna Sons da noite dá destaque ao axé-music em Brasília

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Irlam Rocha Lima Publicação:18/12/2015 06:03Atualização:18/12/2015 10:04

 (Jackson Gusmão/Divulgação)

Verão soteropolitano


A axé-music vem dando o tom no verão brasiliense. Cantores e bandas baianas têm se apresentado aqui desde o mês passado e vão continuar sendo atrações até o réveillon. Só na última semana, passaram pelos palcos da cidade Bell Marques e a banda Oito7Nove4 (Espaço Villa Mix), Harmonia do Samba (Aloha Day Club), Olodum (Praça das Fontes). No dia 23 próximo, a Banda Eva, liderada pelo vocalista Felipe Pezzoni, faz show no Espaço Villa Mix; enquanto no dia 26 a Timbalada agita o pré-réveillon do Aloha. Já o cantor Léo Santana (ex-Parangolé) é o destaque do Réveillon Gold, na Bamboa Brasília. Eventos não recomendados para menores de 18 anos.

Lounge dançante


Revelação da discotecagem da capital, Nagô vai se revezar no comando das picapes com Wash, no projeto Mi casa, su casa!, hoje, a partir das 20h, no gastropub Loca Como tu Madre (306 Sul). Um lounge dançante com soul, funk e groove. Não recomendado para menores de 18 anos.

Agito carioca


O grupo carioca de rap 3030 lança o CD Entre a carne e a alma, no retorno do projeto Aldeia, no Bangalô da AABB (Setor de Clubes Sul). Antes, sobem ao palco Intereface, TheGust e os MCs e DJs Severo, Unicornians, Kaká e Ratão. Não recomendado para menores de 18 anos.

 (Actus Produções/Divulgação)
Velha malandragem


A versão brasiliense de Ópera do Malandro (Chico Buarque) poderá ser apreciada amanhã, às 17h30 e às 21h, e domingo, às 17h30 e às 20h30, no Teatro Brasília (Hotel Royal Tulip, próximo ao Palácio da Alvorada). Montagem da Actus Produções, com direção de Élia Cavalcante, o musical é encenado por atores que cantam, dançam e representam personagens como o malandro carioca, prostitutas, cafetões, policiais e Geni, a icônica travesti. Não recomendado para menores de 14 anos.

Segundo tempo


Agradeço os amigos e leitores que prestigiaram o lançamento do livro Minha trilha sonora – Quarenta anos de jornalismo cultural, no último dia 7, no Clube do Choro. Na próxima segunda-feira tem mais: no Feitiço Mineiro (306 Norte). Aguardo vocês lá!

Eu recomendo


Cantora que conhece como poucos a história da música brasileira, a paranaense Luciana Worms se apresenta hoje, às 21h30, no Feitiço Mineiro (306 Norte). O show Ao pé da letra da canção popular (nome, também, de um livro escrito por ela), é divido em três partes e relembra momentos importantes da história da MPB. Acompanhada por João Egashira (violão) e Daniel Migliavacca (bandolim), Luciana vai de Pelo telefone (Donga) a Pela internet (Gilberto Gil), passando por Carcará (João do Vale), Chega de saudade (Tom Jobim e Vinicius de Moraes), Hey boy (Mutantes), Ouro de tolo (Raul Seixas) e o O bêbado e a equilibrista (João Bosco e Aldir Blanc). Não recomendado para menores de 18 anos.

As poderosas


Os produtores da capital estão antecipando ao máximo a venda de ingressos para os eventos que promovem. A Medley, por exemplo, já colocou à venda os tíquetes para o Baile da Favorita, marcado para 14 de março, no lounge do Estádio Nacional Mané Garrincha. A festa terá as poderosas funkeiras Anitta e Ludmila como atrações. Não recomendado para menores de 18 anos.

Fusão rítmica


A banda canadense Magic!, com um trabalho que mistura ritmos caribenhos e jamaicanos, será a primeira atração do Net Live em 2016. O grupo, liderado pelo guitarrista Nasri Atweh, se apresenta em 26 de janeiro. Os ingressos já estão à venda no G2 do Brasília Shopping.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES