Brasília-DF,
20/JUL/2018

Conheça casas que incluem proteínas animais além da carne vermelha no menu

Quem quer pratos saborosos, nutritivos e sem carne vermelha não precisa ir a restaurantes naturais ou específicos

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Mariana Vieira Rebeca Oliveira Publicação:09/01/2015 06:00Atualização:08/01/2015 13:24
 (Bruno Peres/CB/D.A Press)
O primeiro mês do ano pode ser inspirador para começar um novo hábito ou cortar os antigos. Para alguns, é hora de rever a dieta, incluindo mais legumes e vegetais e excluindo, em parte ou totalmente, proteínas de origem animal.

Mas isso não quer dizer restringir-se a restaurantes naturais ou especializados em cozinha vegana. Restaurantes que servem carne vermelha em seu menu incluem opções sem o ingrediente para agradar a todos os paladares.

É o caso dos hambúrgueres vegetariano e vegano do The Plates. Ou do polvo do El Negro, opção de proteína branca que se destaca entre os bifes anchos famosos por lá. A massa não poderia faltar e vão do risoto do Piacere, elaborado com cogumelos, ao colorido espaguete do Tomatzo.

"Uma porção de cogumelos tem a mesma quantidade de proteína que um bife de contra-filé", explica Simone Rocha Santos, presidente da Associação dos Nutrição do Distrito Federal, desmistificando a ideia de que a dieta sem carne vermelha é mais pobre em nutrientes.

Segundo ela, não faltam opções de ingredientes que podem preencher o lugar da carne, como quinoa, grão-de-bico e soja. "A soja já foi taxada de vilã, mas o problema não é sua composição, e sim a superexposição pela qual o ingrediente passou. Muita gente exagerou e teve problemas hormonais. O segredo é o equilíbrio". Curta as dicas e chame todo mundo para o próximo almoço ou jantar! Confira as casas abaixo:

Diversità
Tomatzo
Piacere
Careca
The Plates
Kibe Empório Árabe
El Negro
Devassa

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK