Brasília-DF,
18/DEZ/2018

Mauro Diniz lança o DVD O samba pede passagem nesta sexta-feira

O cantor e compositor carioca mostra ao público sucessos de 47 anos de carreira, no Outro Calaf

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Maíra de Deus Brito Publicação:10/04/2015 10:24Atualização:10/04/2015 10:32
Mauro explica que o repertório do primeiro DVD O samba pede passagem  'veio do coração' (Adriana Lins/Divulgação)
Mauro explica que o repertório do primeiro DVD O samba pede passagem "veio do coração"

Depois de anos sem apresentações em Brasília, o cantor e compositor Mauro Diniz volta à cidade para lançar o DVD O samba pede passagem. Nesta sexta-feira (10/4) o produtor musical, arranjor e instumentista mostra ao público sucessos de 47 anos de carreira, como Loucuras de uma paixão e Meu lugar (Madureira). “Algumas pessoas ainda se surpreendem quando descobrem que eu sou coautor dessas composições. É comum que atribuam as músicas aos intérpretes (Jorge Aragão e Arlindo Cruz), mas não tenho vaidades. Em algum momento, elas descobrem quem são os compositores”, diz Mauro.

Gravado em 2013, no Rio de Janeiro, o DVD teve as participações especiais de Péricles, Mumuzinho, Leandro Sapucahy, Ubirany, Claudio Jorge e João Diniz. Com quase cinco décadas de samba, o portelense explica por que levou tanto tempo para colocar seus sucessos em vídeo. “Foi decisão muito pessoal. Eu não queria gravar um DVD antes do papai (Monarco). Ele merecia esse registro antes de qualquer um, por tudo que representa para o samba”, destaca. Por sinal, hoje, o líder da Velha Guarda da Portela é o principal parceiro do filho, compositor de mais de 350 músicas. “Para mim, isso é uma honra! Até hoje, aprendo muito com ele”.

O projeto traz canções com Ratinho (Loucuras de uma paixão, Parabéns pra você, O dia se zangou), Roque Ferreira (Pagode da Dona Yvone) e Adilson Victor (faixa-título e Deixa acontecer, entre outras). Curiosamente, o hit Meu lugar (Madureira) não está no set list. “Muita gente não entende porque ela ficou de fora. Eu gravei o DVD sem compromissos com a mídia. Deixei as coisas acontecerem naturalmente e escolhi as composições que quis. O repertório veio do coração”.

Passado e futuro

Aos 62 anos, Mauro Diniz é um dos principais nomes do samba brasileiro. O ritmo estava no destino do carioca, que era ninado pelo pai com a música O passado da Portela. Aos 4 anos, ele já “brincava” com o cavaquinho e, aos 15, foi tocar no Quarteto Vitória, na Rádio Nacional do Rio de Janeiro. De lá para cá, Mauro serviu à Marinha, estudou Educação Física e acompanhou diversos artistas no Teatro Opinião. A arte falou mais alto e ele passou se dedicar totalmente à música, carreira que o levou a diversos países com Beth Carvalho, Marisa Monte e Zeca Pagodinho.

Nos próximos meses, o portelense viaja para Nova York (EUA) com a turnê de Marisa, prepara o novo disco da Velha Guarda da Portela e aguarda o lançamento do novo disco de Zeca, Ser Humano, com composições de sua autoria.



Ícone portelense

No show de hoje, Mauro terá a companhia de artistas brasilienses. O grupo Adora-Roda abre a noite com músicas de Nelson Cavaquinho, Cartola e Paulinho da Viola. “Mauro é incrível. E não tinha como não ser. O pai dele, o Monarco, que considero meu padrinho musical, também é. Inclusive, no disco do Adora, gravamos uma música deles, chamada Felizardo”, conta Breno (voz e pandeiro).

Em seguida, a banda Coisa Nossa sobe ao palco para acompanhar o artista carioca. “Com ele, devo cantar Sorri pra mim e Parabéns pra você”, adianta o vocalista Marcelo Sena. “Conheço o Mauro há um bom tempo e admiro muito o trabalho dele. Há alguns anos, tocamos juntos no Calaf e será ótimo repetir a parceira. Ele é um cara íntegro e bem quisto por todos no meio. É meu ídolo”, completa.

Talento de família
Difícil precisar onde e quando surgiu o talento da Família Diniz. Talvez tenha vindo de José Felipe Diniz, avô de Mauro, que escrevia poesias na revista mineira As moças. Hildemar Diniz, o mestre Monarco, levou a poesia para o samba, compondo sucessos como Coração em desalinho, Lenço e Passado de glória. Herdeiros do líder da Velha Guarda da Portela, os filhos Mauro e Marquinhos, e os netos Thereza, Juliana e João Mateus dão continuidade ao legado musical como cantores, compositores e instrumentistas. Em maio de 2012, eles gravaram o DVD Família Diniz — Um coração azul e Branco.

O samba pede passagem
Primeiro DVD de Mauro Diniz. 22 faixas, produzidas por Prateado e Mauro Diniz. Preço médio: R$ 25.

Mauro Diniz
Show com o cantor e compositor, hoje, às 21h, no Outro Calaf (SBS, Q. 2, Bl. Q, Ljs. 5/6, Térreo do Edifício João Carlos Saad; 3322-9581). Abertura com Adora-Roda e Coisa Nossa. Entrada: R$ 20 (homem) e R$ 15 (mulher). Valores sujeitos a alteração. Não recomendado para menores de 18 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES